Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

Após boa sequência ao superar o trauma da eliminação na Libertadores para o Flamengo, o Grêmio pode confirmar vaga direta à fase de grupos da competição continental já nesta 35ª rodada do Brasileirão. Para isso, dependerá de uma vitória diante do Athletico-PR, na noite desta quarta-feira, além de ficar de olho no resultado do jogo do rival Inter, antes mesmo de o Tricolor entrar em campo.

Para se garantir matematicamente já nesta rodada, o Grêmio precisa vencer seu jogo. Antes, seca o rival Inter, que enfrenta o Goiás às 19h30min, no Beira-Rio. Isso porque o Colorado é a primeira equipe fora da zona de classificação direta à Libertadores. A liderança do Flamengo, campeão da Libertadores, e a 5ª posição do próprio Athletico-PR, campeão da Copa do Brasil, transformam o G4 em G6, no momento.

No momento, a diferença do Grêmio para o rival Inter é de oito pontos. Em caso de vitória Tricolor no Paraná, combinado a pelo menos um empate do Colorado, deixaria a distância em 10 pontos, no mínimo. Faltando nove a serem disputados, o Grêmio não poderia mais ser alcançado por nenhuma outra equipe.

Desta forma, o Grêmio enfrentaria o São Paulo na 36ª rodada, sem nenhum objetivo a ser cumprido na temporada. O Tricolor poderia, até interferir em um confronto entre o rival e os paulistas na briga pela última vaga direta à Libertadores do ano que vem.

Isso porque ela seria disputada justamente por Inter e São Paulo. No momento, o direito pertence aos paulistas, que ocupam a 6ª posição, com 54 pontos. O Colorado vem logo atrás, em 7º, com três pontos a menos.

O Grêmio enfrenta o Athletico-PR nesta quarta-feira, às 21h30min, na Arena da Baixada, em jogo válido pela 35ª rodada do Brasileirão. Atualmente, o Tricolor está na 4ª posição, com 59 pontos. O rival paranaense vem logo abaixo, em 5º, com três pontos a menos.



Veja também