A temporada gremista promete ser, mais uma vez, repleta. A equipe comandada por Renato Portaluppi deverá encarar um longo calendário, que oficialmente começará em 9 de janeiro, quando o elenco principal irá se reapresentar no CT Luiz Carvalho.

Envolvido com Recopa Gaúcha, Gauchão e Libertadores, no primeiro semestre, o Grêmio poderá entrar em campo em 79 oportunidades em 335 dias, o que representará uma partida a cada 4,2 dias.

Para chegar ao número máximo de jogos, o time de Renato terá que disputar todas as partidas previstas no calendário. A estreia está marcada para 19 de janeiro, contra o Pelotas, pela Recopa Gaúcha. A última data é 19 de janeiro, quando está programada a final do Mundial de Clubes.

O cálculo para os 79 jogos ao longo de 2020 leva em conta as 17 datas reservadas para o Gauchão. Porém, se vencer os dois turnos da competição, o Grêmio terá duas datas a menos a serem preenchidas, caindo para 77 atuações na temporada.

No século 21, o recorde de partidas do Grêmio em um mesmo ano pertence à temporada de 2017, ano do tricampeonato da América, com 79 jogos disputados entre Gauchão, Primeira Liga, Copa do Brasil, Libertadores, Brasileirão e Mundial de Clubes.

Confira o calendário do Grêmio para 2020:

Recopa Gaúcha – 1 data
Gauchão – 17 datas
Libertadores – 13 datas
Brasileirão – 38 datas
Copa do Brasil – 8 datas
Mundial de Clubes – 2 datas

Veja o número de jogos disputados pelo Grêmio a cada temporada neste século:

2001 – 76 jogos
2002 – 69 jogos
2003 – 66 jogos
2004 – 71 jogos
2005 – 55 jogos
2006 – 63 jogos
2007 – 72 jogos
2008 – 63 jogos
2009 – 69 jogos
2010 – 75 jogos
2011 – 71 jogos
2012 – 75 jogos
2013 – 72 jogos
2014 – 68 jogos
2015 – 69 jogos
2016 – 73 jogos
2017 – 79 jogos
2018 – 74 jogos
2019 – 73 jogos



Veja também