Foto: Ricardo Giusti

Uma barreira intransponível na marca da cal. É nisso que se transformou a Arena do Grêmio quando a decisão de uma partida vai para a cobrança dos pênaltis. Nessa quarta, o Grêmio conquistou o bicampeonato gaúcho ao bater o Inter por 3 a 2 nas penalidades máximas. Foi a oitava vitória do Tricolor em uma decisão por pênaltis no estádio em nove disputas.

A única vez que o Grêmio foi derrotado em uma disputa por pênaltis na Arena foi em 2014. Naquela ocasião, o Tricolor acabou derrotado pelo San Lorenzo na fase de oitavas de final da Libertadores da América por 4 a 2.

O título do Gauchão foi o segundo conquistado pelo Grêmio em disputa de pênaltis na sua casa. No ano passado, o Tricolor ganhou a Recopa Sul-Americana diante do Indepediente.

Se Dida e Marcelo Grohe foram heróis em outras vitórias, nessa quarta-feira Paulo Victor colocou seu nome na história do Grêmio. O goleiro pegou três cobranças, de Camilo, Cuesta e Nico López, e foi determinante para a título tricolor.

As disputas por pênaltis do Grêmio na Arena:

2013 – Libertadores: Grêmio 5 x 4 LDU

2013 – Gauchão: Grêmio 5 x 3 São Luiz

2013 – Copa do Brasil: Grêmio 3 x 2 Corinthians

2014 – Libertadores: Grêmio 2 x 4 San Lorenzo (única derrota)

2015 – Gauchão: Grêmio 6 x 5 Novo Hamburgo

2016 – Copa do Brasil: Grêmio 4 x 3 Atlético-PR

2018 – Recopa: Grêmio 5 x 4 Independiente

2018 – Libertadores: Grêmio 5 x 3 Estudiantes

2019 – Gauchão: Grêmio 3 x 2 Inter



Veja também