Grêmio não negociará Arthur com Barcelona, diz Odorico Roman

Jurídico do Grêmio analisa ir à Fifa contra assédio ao atleta

2 de dezembro de 2017 - Às 13:10
Foto: Arquivo Pessoal

A foto em que o volante Arthur aparece com a camisa do Barcelona, divulgada nas redes sociais nessa sexta, irritou bastante a direção do Grêmio. O jurídico do Tricolor estudo ir à Fifa para denunciar o assédio do clube catalão ao atleta. Segundo o vice de futebol, Odorico Roman, o clube gaúcho não foi procurado pelo Barcelona.

“Arthur é um ídolo do Grêmio e foi envolvido por pessoas que agiram de forma inadequada, desrespeitando o Grêmio”, destacou em entrevista para a Rádio Guaíba. Roman descartou qualquer possibilidade de negociação. “Se o Barcelona quer o Arthur, deposite a multa rescisória e acerte com o jogador. Com o Grêmio, eles não negociam”. A multa rescisória do atleta é de 50 milhões de euros. Arthur assinou com o Tricolor até 2021 e clube detém 60% dos direitos econômicos.

Roman disse que ainda não conversou com o Arthur.”Prepararam uma armadilha.Não conversei com Arthur. Ele é um menino correto e foi envolvido por algumas pessoas que agiram de forma inadequada e incorreta”, enfatizou.

Neste sábado, o departamento médico do Grêmio confirmou que Arthur está fora do Mundial de Clubes em virtude de uma lesão no tornozelo.



Veja também