Grêmio não aceita exigência e Kannemann admite negócio encerrado

Tricolor não concordou com cláusula que jogador deveria receber seu salário conforme variação do dólar

11 de julho de 2016 - Às 19:16

Walter-Kannemann-Lorenzo-Argentina-Atlas_MILIMA20150109_0316_8A contratação estava encaminhada, mas uma última exigência de Walter Kannemann, argentino de 25 anos, do Atlas do México, fez com que o negócio acabasse.

O problema foi uma cláusula sobre o câmbio do dólar de seu salário. O próprio atleta confirmou que o Grêmio negou o pedido e que a negociação está encerrada. Ou seja, o jogador receberia o salário em dólar, e este poderia variar conforme a cotação. O atleta confirmou a um site esportivo que o negócio não se concretizou:

– Caiu (a negociação). Não querem colocar uma cláusula para que nem eu nem o clube perca com o dólar. Grêmio disse que não faz isso por questões internas – escreveu o argentino.

O jogador era visto com bons olhos pela diretoria e a negociação já estava encaminhada desde a semana passada. O jogador poderia atuar na defesa e também na lateral esquerda. A contratação de um nome para a defesa era prioridade já que Geromel e Wallace estavam machucados. Nesse caso, o argentino poderia atuar na lateral e disputar posição na equipe.



Veja também