Foto: Rodrigo Fatturi/ Divulgação Grêmio

Menos de 24 horas após a derrota para o Santos e o anúncio da saída de Felipão, o Grêmio tenta se recompor da crise vivida enquanto se prepara para o próximo compromisso no Brasileirão, quarta-feira, contra o Fortaleza. O clube mudou a programação do treino prevista para a manhã desta segunda-feira e convocou três jogadores para se juntar à delegação em São Paulo: Victor Ferraz, Fernando Henrique e Elias.

Suspensos na próxima rodada, Rafinha, Thiago Santos e Douglas Costa foram liberados para retornar a Porto Alegre. O elenco tricolor faria um treino nesta manhã no CT do Palmeiras, mas optou por realizar atividades no hotel em que está concentrado.

Enquanto a direção busca um novo treinador, o auxiliar Thiago Gomes assume a equipe interinamente e terá os desfalques do trio suspenso. Expulso no final do jogo contra o Santos, Rafinha segue pendurado. Já Thiago Santos e Douglas Costa levaram o terceiro amarelo na Vila Belmiro.

Para a lateral esquerda, as opções no elenco são Bruno Cortez e Guilherme Guedes. No meio, Sarará deve substituir Thiago Santos, já que a outra opção Victor Bobsin não joga há mais de dois meses. E Campaz e Jean Pyerre são os cotados para a vaga de Douglas Costa.

Uma escalação possível do Grêmio tem: Brenno; Vanderson, Ruan, Kannemann (Rodrigues) e Bruno Cortez (Guilherme Guedes); Mateus Sarará e Lucas Silva; Alisson, Campaz (Jean Pyerre) e Ferreira; Diego Souza (Diego Churín).

Todas essas definições ocorrem em apenas um treino, o desta terça-feira, na capital cearense. Será o único trabalho de campo que Thiago Gomes terá para armar o time titular. A delegação embarca para Fortaleza no início da tarde.

Com 23 pontos e na vice-lanterna, o Grêmio seguirá mais uma rodada no Z-4 por não ter chances matemáticas de ultrapassar os adversários. O duelo diante do Fortaleza está marcado para às 20h30 de quarta-feira, na Arena Castelão, pela 26ª rodada do Brasileirão.



Veja também