Lucas Uebel/DVG/Grêmio

O Grêmio retoma os trabalhos na próxima semana com foco no restante da temporada. Porém, a janela de transferência do meio do ano pode tirar jogadores importantes do clube, em especial o atacante Everton, que tem tido boas atuações na Copa América. Por isso, a direção monitora nomes no mercado e não descarta contratações para reforçar o grupo para Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão.

Em entrevista para o repórter Cristiano Silva, da Rádio Guaíba, o executivo de Futebol, Klauss Câmara, afirmou que o Tricolor pretende repor eventuais saídas de atletas de alto nível para “manter o nível de performance elevado”. E foi além. Disse que, mesmo que não ocorram saídas, o Grêmio pode fazer contratações se surgir alguma oportunidade de negócio para “manter o elenco competitivo”.

“Todas as esquipes brasileiras passam por essas situações a cada janela que se abre. E têm que estar preparadas e confeccionando um novo plantel a cada seis meses, praticamente”, destacou Câmara sobre a possibilidade de perder atletas.

O executivo disse ainda que o Tricolor tem condições de ir ao mercado, mas destacou que existem várias possibilidades de negócio. “O clube tem sustentabilidade financeira, que nos traz possibilidade de ir ao mercado, se for necessário. Mas a gente precisa ver as oportunidades que aparecem. E aí ver a melhor forma de agir”, ressaltou.



Veja também