Foto: Lucas Uebel

Não é novidade. Mesmo sem deixar de lado o Brasileirão, a prioridade do Grêmio na temporada é a Libertadores. E como a semifinal se inicia na próxima quarta-feira, contra o Barcelona-EQU, em Guayaquil, uma equipe reserva será colocada em campo na Arena, no domingo, às 17h, contra o Palmeiras. Mesmo que esse duelo seja direto pela vice-liderança do Brasileirão e por uma vaga na fase de grupos da competição continental do próximo ano.

O discurso de todo o Grêmio é uníssono: o mínimo necessário é uma vaga direta via Brasileirão para a Libertadores na próxima temporada. E, para isso, é preciso ficar entre quatro primeiros colocados – cinco, desde que o Cruzeiro esteja acima. O Palmeiras hoje tem 50 pontos, mesma pontuação do Tricolor, mas com saldo de gols menor. Abaixo ainda vem o Santos, com o mesmo número de pontos – e que enfrenta o Atlético-GO após o vai e fica de Levir Culpi do comando.

Nada, porém, que mude o planejamento gremista. Apesar da possibilidade de queda para o quarto lugar na tabela em caso de derrota, Renato manteve a postura adotada durante todo o Brasileirão. Revelou que irá treinar o time da Libertadores na manhã de domingo, no CT Luiz Carvalho, em atividade totalmente privada. Logo, não os terá em campo para o confronto com o Palmeiras.

A provável escalação tem Paulo Victor; Léo Moura, Thyere, Bruno Rodrigo e Marcelo Oliveira; Cristian, Michel, Everton, Luan, Arroyo (Beto da Silva); Jael.

– Não me arrependo, faria tudo de novo. Se eu estiver em um clube que dispute outras competições ao mesmo tempo, vai acontecer de novo. Claro que gostaria de jogar sempre com a mesma equipe. Mas são seres humanos, não tem jeito. Dizem que o Grêmio perdeu pontos porque trocou. Foi necessário. Aí dou exemplo do Corinthians, tropeçou em casa contra Atlético-GO, Vitória. Nada contra os adversários, mas e aí? – comentou Renato.

Dois titulares em busca de ritmo

Apenas dois titulares são cotados para iniciar a partida: Luan e Michel. O primeiro já retornou ao time contra o Corinthians, na última quarta, e irá ganhar mais minutos em campo. O segundo volta 20 dias após realizar uma artroscopia no joelho esquerdo. Renato mantém certa preocupação com os atletas ainda sem ritmo de jogo para o duelo com o Barcelona, na próxima quarta. Cristian, também recuperado de lesão, estará em campo com a equipe reserva.

– Tem alguma coisinha ainda, mas o mais importante de tudo é que os jogadores quase 100% saíram do departamento médico, estão entregues para a gente. Alguns, no caso do Luan, uma peça importante, voltou a jogar. Tem me deixado feliz porque estamos em um momento decisivo. Quanto mais forte a gente tiver o grupo, mais opções eu vou ter – completou o técnico.

O Tricolor ainda faz um último treino na manhã deste sábado, no CT Luiz Carvalho. A tendência é que os titulares participem dessa atividade, depois de dois dias se recuperando. No domingo, Renato vai montar a equipe para o duelo com o Barcelona, na próxima quarta. Michel e Luan também podem aparecer na escalação.



Veja também