Grêmio lucra com venda dos jogadores e Koff comenta situação

28 de fevereiro de 2014 - Às 10:24

O presidente do Grêmio, Fábio Koff, estima que com as vendas de Wendell, Bressan e Ramiro confirmadas na quarta-feira desta semana, o Tricolor tenha conseguido faturar cerca de R$ 20 milhões. O dinheiro já serve para equilibrar as contas.

E isto é graças a um novo modelo que o Grêmio apostou. Contratar jogadores a baixo custo como foi o caso destes três jovens e lucrar com o posterior sucesso deles.
– Contando os três, foram mais de R$ 20 milhões de reais. Havia investidores na negociação original, por isso o valor.
Levando em consideração o investimento que o Grêmio fez com Wendell, Bressan e Ramiro, que juntamente com Follmann custaram R$ 1,2 milhão ao Grêmio, o retorno do investimento foi quase 13 vezes maior.
Koff ainda admite dificuldade e diz que todo jogador do elenco é negociável:
– O Grêmio não tem nenhum jogador que não possa ser negociado. Bom seria se fosse um clube comprador, mas isso não pode ser agora – ressalva Koff.


Veja também