Foto: Isadora Neumann

O Grêmio voltou a sofrer uma virada no Brasileirão. Depois de perder o Gre-Nal 429 nos minutos finais, o Tricolor foi completamente dominado pelo Flamengo no começo do segundo tempo, quando sofreu três gols, e acabou derrotado por 4 a 2 pelos cariocas na Arena, na noite desta quinta-feira (28), em jogo atrasado da 23ª rodada.

Diego Souza anotou o gol gremista na primeira etapa enquanto Gabigol, Everton Ribeiro e Arrascaeta comandaram a virada do Rubro Negro com três gols marcados em nove minutos no início da etapa final. A seis do término do tempo regulamentar, Diego Souza, em bela cobrança de falta, descontou. O lateral-direito chileno Isla definiu o placar nos acréscimos.

Com a derrota, o Grêmio vê a possibilidade de título ser apenas questão matemática tendo 11 pontos a menos que o líder Inter restando somente seis rodadas para acabar o Brasileirão. O time de Renato Portaluppi ainda se complicou na briga por vaga no G-4. A distância para o quarto colocado, que agora é o Atlético-MG, é de seis pontos. Em sexto lugar, o Tricolor tem apenas um ponto de vantagem para o Fluminense, sétimo.

O garoto Ferreira foi a surpresa na escalação do Grêmio no lugar de Pepê, que sequer ficou no banco de reservas em meio à negociação para a saída para o Porto-POR. O técnico Renato Portaluppi, porém, justificou a ausência do atacante por conta de um problema no quadril.

— Ele já vinha sentindo dores no quadril. Essa dor aumentou, conversamos com ele e fez exames. É uma lesão leve. Achamos melhor deixar o Pepê fora e no final de semana ele já deve estar de novo com a gente — garantiu o treinador.

Em um jogo no qual só a vitória interessava para Grêmio e Flamengo, os dois times iniciaram buscando o gol. O domínio da partida foi se alternando ao longo do primeiro tempo e também nas propostas das equipes.

O Tricolor começou tentando impor um jogo de posse de bola que esbarrava na marcação alta feita pelo Flamengo. Diferente dos cariocas, o time gaúcho marcava mais atrás quando não tinha a bola, mas foi encontrando nas transições ofensivas uma forma de incomodar o Rubro-Negro. Aos 9 minutos, Alisson recebeu de Ferreira e chutou para defesa de Hugo Souza. O goleiro visitante voltou aparecer no lance seguinte, quando Jean Pyerre acionou Ferreira, que bateu cruzado.

O Flamengo respondeu com Gabigol. O artilheiro do Brasileirão de 2019 chutou e Vanderlei defendeu. O clube carioca voltou a levar perigo duas vezes no mesmo lance. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Gustavo Henrique tentou de virada e Matheus Henrique tirou de cabeça na pequena área gremista. A bola ainda sobrou para Bruno Henrique, que pegou de primeira e mandou por cima do gol.

A partir daí, o Flamengo passou a dominar as ações e Gabigol teve duas chances em sequência. Na primeira, deixou Kannemann para trás e tentou dar um toque por cima de Vanderlei, que fez a defesa. Depois, o camisa 9 invadiu a área e chutou para fora com seu pé direito.

Se o artilheiro rubro-negro perdia oportunidades, o gremista precisou de apenas uma chance para balançar as redes. Aos 40 minutos, Diego Souza recebeu um cruzamento milimétrico de Alisson e saiu da marcação de Willian Arão para cabecear sem chances para Hugo Souza: 1 a 0.

Era esperado que o Flamengo fosse adotar uma postura ainda mais ofensiva no segundo tempo para tentar a virada. Foi isso que aconteceu e o Grêmio não se mostrou preparado para conter o ataque Rubro-Negro. A pressão carioca na volta do intervalo não demorou para dar resultado.

Aos 11 minutos, Gabigol apareceu entre Rodrigues e Kannemann e cruzou na medida para Everton Ribeiro, que, completamente sozinho, mandou para o gol vazio para igualar na Arena. O camisa 9 então se recuperou em grande estilo dos gols perdidos na primeira etapa. Aos 14, Gabigol recebeu na entrada da área e, mesmo com a marcação de Kannemann, bateu colocado deixando Vanderlei sem reação para virar o placar: 2 a 1.

Após sofrer a virada, Renato Portaluppi tentou uma reação com três mudanças aos 17. Maicon, Luiz Fernando e Everton foram chamados para os lugares de Lucas Silva, Ferreira e Alisson. E não deu tempo de ver o resultado das trocas. Três minutos depois, o Flamengo entrou com muita facilidade na área gremista. Diante uma defesa completamente desorganizada, Arrascaeta recebeu livre um passe de Gabigol e só teve o trabalho de mandar para o fundo das redes para fazer o 3 a 1.

Ainda havia 25 minutos mais os acréscimos para o Grêmio tentar, pelo menos, o empate, mas o time gremista não mostrava poder de reação. Um reflexo disso foi a entrada forte Kannemann deu em Everton Ribeiro. Embora tenha escapado de levar o vermelho direto, o cartão amarelo, o terceiro, tirou o argentino do jogo contra o Coritiba no próximo domingo. Outro que irá cumprir suspensão no Couto Pereira é Matheus Henrique.

Diego Souza ainda conseguiu descontar aos 39 minutos em um belo gol de falta, mas acabou sentindo dores no lance e teve de ser substituído acabando com qualquer esperança do Grêmio tentar o empate. Nos minutos finais, Isla ainda aproveitou passe de Vitinho para fechar o placar de 4 a 2 e colocar o Rubro-Negro na vice-liderança.



Veja também