Foto: Ronald Felipe

Com seis titulares ausentes da viagem ao Maranhão, o Grêmio foi derrotado por 2 a 1 pelo Sampaio Corrêa na noite desta sexta (30). Foi a quarta derrota seguida do Tricolor fora de casa na Série B — havia perdido também para CRB, Criciúma e Novorizontino. Em 16 jogos fora da Arena, o Tricolor venceu só dois e tem 31% de aproveitamento como visitante.

A estratégia de preservar forças para os jogos contra CSA e Londrina na próxima semana não deu certo, e custou a oportunidade de aproveitar o empate do Vasco e Londrina para abrir 10 pontos para o time paranaense, em quinto lugar com 46 pontos.

O complemento da 32ª rodada pode deixar a situação do Tricolor no G-4 menos confortável. O Bahia, com 52 pontos e mais vitórias, ultrapassará o time de Renato se empatar com a Chapecoense. E, no sábado, o Ituano pode assumir o quinto lugar. Se vencer o CRB, chega aos 47 pontos e reduz a vantagem gremista para seis pontos do primeiro time fora do G-4.

O time alternativo reproduziu os mesmos defeitos da equipe com força máxima. Após terminar o primeiro turno da Série B com a defesa menos vazada, apenas seis gols sofridos, o sistema defensivo seguiu inseguro. Com os dois gols sofridos contra o Sampaio Correa, o Tricolor chegou a marca de 17 em 13 rodadas do returno.

O início de jogo, no entanto, começou com domínio do Grêmio. Com 30 segundos, Bitello cumpriu bem a função de articulador e encontrou Biel nas costas dos marcadores. O atacante perdeu o tempo certo para finalizar quando o goleiro Luiz Daniel saiu bem e tirou o ângulo. O time de Renato Portaluppi controlava a posse de bola na faixa central do campo. Não conseguia encontrar espaços para atacar, mas também não era pressionado.

Mas aos 14 minutos, após cobrança de escanteio a seu favor, o Grêmio levou o gol do Sampaio Corrêa. Rodrigo Ferreira tentou lançar a bola novamente na área após a defesa afastar o cruzamento. A bola parou diretamente nas mãos do goleiro Luiz Daniel, que acertou um lindo lançamento para Rafael Vila, completamente livre, correr do meio de campo até a área de Brenno. A finalização do camisa 10 da equipe maranhense não deu chances de defesa e abriu o placar da partida.

Cinco minutos depois de sair em desvantagem, o Grêmio pensou ter conseguido empatar. Elkeson, natural do Maranhão, marcou em outro lance de escanteio. Mas por conta de um toque de mão acidental do centroavante gremista, o lance foi anulado pela arbitragem.

Com dificuldades para chegar ao campo de ataque de forma organizada, o Grêmio assustou novamente em lance de bola parada. Bitello cobrou falta lateral, aos 38 minutos, para a área do Sampaio Corrêa. Kannemann conseguiu cabecear em direção ao gol, a bola ainda tocou em um dos defensores, mas o goleiro Luiz Daniel fez uma defesa de puro reflexo e impediu o empate. O primeiro tempo terminou com os jogadores do Grêmio e o técnico Renato Portaluppi cercando o árbitro Rafael Traci para reclamar das decisões do juiz.

No minuto inicial da segunda etapa, em boa trama ofensiva, o Grêmio perdeu uma boa oportunidade. Lucas Silva acertou o lançamento para Rodrigo Ferreira, que rolou para a entrada de Biel na área. O atacante se atrapalhou no domínio e não conseguiu chutar. Aos 8, o lateral-direito apareceu com perigo. Rodrigo tabelou com Thiago Santos. A devolução aconteceu com muita força e ficou fora do alcance do lateral do Grêmio para finalizar.

A tentativa de pressionar o adversário custou caro. Em mais um lance com falhas graves, o Grêmio cedeu o segundo gol ao Sampaio Corrêa. Rodrigo Ferreira tentou sair driblando do campo de defesa e deu um péssimo passe na direção de Thiago Santos. Rafael Vila ficou com a bola e encontrou Poveda, com 11 minutos. O artilheiro da Série B mostrou sua precisão na finalização e acertou um chute indefensável para Brenno.

Renato chamou Thaciano e Jhonata Robert. Ambos tiveram boas chances de finalização, aos 18. Após cruzamento de Nicolas, Thaciano recebeu sozinho dentro da área e acertou o goleiro no chute. No rebote, o meia arriscou e mandou por cima do gol do Sampaio. Além do retorno de Kannemann, o jogo contra o Sampaio Corrêa também marcou a volta de outro jogador afastado a muito tempo por lesão.

Após 1122 dias desde uma grave lesão no joelho sofrida em jogo contra o Athletico-PR, Leonardo Gomes voltou a jogar pelo time profissional. Mas a marca positiva acabou abafada pela nova lesão de Jhonata Robert. O meia tentou um lance próximo da linha de fundo, e torceu o joelho esquerdo. O mesmo que teve a cirurgia para reconstrução do ligamento cruzado anterior em janeiro.

Com a derrota encaminhada, o Grêmio encontrou forças para descontar. Elkeson recebeu na entrada da área, passou pelo marcador e bateu cruzado para marcar aos 36 minutos.

A partir deste domingo, na reapresentação dos jogadores, o Grêmio espera dar um passo definitivo para a confirmação do acesso. Com jogos contra CSA, na terça-feira, e Londrina, no próximo domingo, o clube projeta alcançar a pontuação necessária para garantir o retorno à Série A para 2023.



Veja também