Grêmio joga mal e é derrotado pelo Rosário Central na Arena

Irreconhecível em campo, Tricolor acabou dominado pelos argentinos e pouco criou na noite desta quarta

27 de abril de 2016 - Às 23:39
Foto: Lucas Uebel
Foto: Lucas Uebel

O Grêmio recebeu o Rosário Central na noite desta quarta-feira na Arena e acabou derrotado por 1 a 0, com gol de Marco Rubén no primeiro tempo. O Tricolor não teve uma boa atuação e agora terá que decidir na próxima quinta-feira, na Argentina, a classificação na Libertadores.

Escalação inicial: Grohe, Ramiro, Fred, Bressan, Marcelo Oliveira, Maicon, Walace, Giuliano, Douglas, Luan e Miller Bolaños

PRIMEIRO TEMPO
A partida na etapa inicial foi muito complicada para o Grêmio. O time argentino jogou com a marcação adiantada, dificultando muito a criação de jogadas por parte do Tricolor. Para piorar, aos 13 minutos, após bola na área, Bressan cabeceou para trás e deu ‘assistência’ de presente para Marco Rubén marcar o gol dos argentinos.

O Tricolor não conseguiu reagir e só foi finalizar pela primeira vez aos 25 minutos em cobrança de falta de Fred, longe do gol. O time argentino mostrava intensidade na marcação e não dava espaços, não deixando o Grêmio jogar.

Quando o Tricolor teve a chance, aos 41 minutos, após cobrança de escanteio e desvio, a bola sobrou limpa para Bolaños que chutou por cima, cara a cara com o goleiro. Menos mal que a bola de Marco Rubén, aos 43 minutos, acertou o travessão de Grohe ao chutar por cobertura.

SEGUNDO TEMPO
O panorama da partida na etapa final não mudou. O time do Rosário Central continuou melhor na partida sem sofrer riscos. O Grêmio errava muitos passes e não conseguia criar oportunidades. O técnico Roger fez diversas alterações na equipe para tentar mudar o jogo.

A atuação do time argentino era impecável. Sem erros e sem dar espaços ao Grêmio, que quando tinha a bola, não conseguia dificultar a marcação do Rosário. O Tricolor não conseguia finalizar a gol.

O Tricolor não conseguiu reagir e o Rosário Central assegurou o resultado positivo fora de casa.

Público: 31.762 pagantes, 34.621 total



Veja também