César Pinares é aguardo pelo Grêmio para ser integrado aos trabalhos na manhã de sexta-feira e ser apresentado. O meia chegará dois dias após a classificação do Tricolor às semifinais da Copa do Brasil, competição na qual ele não poderá atuar — e o ge detalha os motivos.

Pinares desembarca por volta das 23h30 desta quinta-feira no aeroporto Salgado Filho e na manhã de sexta-feira se apresentará no CT Luiz Carvalho. Fará os protocolos de testes para Covid-19 e deverá ser relacionado para o jogo contra o Corinthians no domingo, em São Paulo, pelo Brasileirão.

— É um jogador que tem qualidade muito grande. Infelizmente não vai poder jogar a Copa do Brasil. Então a gente pode fazer esse rodízio ali no meio — comentou Renato.

Pinares não disputará a Copa do Brasil pois foi regularizado no BID da CBF dia 13, três dias após a data limite de novas inscrições na competição.

Pinares em atuação pela seleção chilena, Chile, Grêmio — Foto: Carlos Parra/Comunicaciones ANFP

Pinares em atuação pela seleção chilena, Chile, Grêmio — Foto: Carlos Parra/Comunicaciones ANFP

No dia 9 de novembro, um domingo, Pinares veio a Porto Alegre e assinou o contrato com Grêmio. Ele foi embora na manhã do dia seguinte, segunda-feira, para se apresentar à seleção chilena.

Como nunca atuou no Brasil, ele não tinha as documentações necessárias para atuar no país, como CPF e carteira de trabalho. Para fazer esses documentos, Pinares precisaria de dois dias úteis em Porto Alegre, o que não foi possível pela sua convocação.

Grêmio comprou os direitos do meia da Universidad Católica por cerca de 1,5 milhão de dólares (R$ 8,3 milhões). Os outros 20% ficam com o clube chileno.



Veja também