O Grêmio se reapresenta na tarde desta segunda-feira no Centro de Treinamentos Presidente Luiz Carvalho após uma folga de quatro dias que não aparecia desde julho. O mês de janeiro será exclusivo ao Brasileirão, mas o objetivo inicial é recuperar os jogadores lesionados e manter o elenco “nos cascos” para a final da Copa do Brasil, contra o Palmeiras, no começo de fevereiro.

Até lá, os comandados de Renato Portaluppi terão sete partidas na Série A, com duelos dignos de decisão frente ao próprio Verdão, Atlético-MG, Inter e Flamengo.

Além de seguir na busca pelo G-4, o Grêmio usará janeiro para esvaziar o departamento médico. Atualmente, Pedro Geromel, Orejuela, Victor Ferraz, David Braz e Maicon sentem algum tipo de problema.

Maicon e Pedro Geromel buscam recondicionamento físico — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Maicon e Pedro Geromel buscam recondicionamento físico — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Geromel se recupera de lesão muscular na coxa esquerda sentida ainda no primeiro tempo do jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil contra o São Paulo. A presença do zagueiro na delegação para a segunda partida deu margem para especulações sobre o retorno, mas o técnico Renato Portaluppi reforçou que ele viajou para apoiar o grupo.

– O Geromel admiro muito como jogador e capitão, um companheiro. Após a partida contra o São Paulo, ele mesmo conversou comigo e pediu para que viesse e concentrasse junto com a delegação. É importante a presença dele, como havia conversado com o Maicon. Só não veio porque ficou tratando, preferiu ficar treinando. Por isso não canso de elogiar o grupo – destacou Renato após a classificação na última quarta.

A confiança na recuperação e importância de Geromel está representada no início das conversas para renovar mais uma vez o contrato do zagueiro. Ele tem vínculo até o fim de 2021 e já negocia a ampliação do período.

Outro líder do plantel, Maicon apresentou desconforto em uma das panturrilhas e não atua desde o empate em 1 a 1 com o Santos na Arena, pelas quartas de final da Libertadores.

O zagueiro David Braz também encara um desconforto muscular que o deixou fora das duas partidas contra o São Paulo. Já Luiz Fernando deve voltar após ficar em isolamento por contrair a Covid-19. O atacante, no entanto, só pode atuar pelo Brasileirão.

Dúvidas na lateral direita

Há ainda incógnitas na lateral direita. Orejuela segue fora com lesão muscular na coxa direita e também precisa ter a situação contratual acertada. O empréstimo junto ao Cruzeiro venceu no fim do ano passado. Para voltar a atuar pelo Grêmio, ou é contratado definitivamente ou tem o vínculo ampliado.

O titular Victor Ferraz inspira cuidados. Ele sentiu dores no músculo posterior da coxa direita nas duas partidas da Copa do Brasil contra o São Paulo. Na segunda, inclusive, teve de ser substituído no segundo tempo. Deve ser reavaliado nesta segunda.

Victor Ferraz deve passar por avaliação médica nesta segunda — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Victor Ferraz deve passar por avaliação médica nesta segunda — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Em todos os casos, é claro, não basta apenas recuperar os jogadores. É preciso manter o grupo com ritmo de jogo e, ao mesmo tempo, evitar ao máximo algum tipo de lesão. O cenário aponta para Renato utilizar em janeiro as principais peças, mas com alerta para as que não estiverem 100%.

Na tarde desta segunda, o 2021 começa para o Grêmio. A primeira partida do ano será disputada na quarta, às 19h15, na Arena, diante do Bahia. O Tricolor está em quinto na tabela, com 45 pontos, dois a menos que o Inter, que fecha o G-4.



Veja também