Foto: Jefferson Botega

Em seu último jogo da Série B de 2022, o Grêmio se despediu da competição com uma goleada por 3 a 0 sobre o Brusque. Mesmo sem um futebol exuberante, o time teve competência para controlar o jogo e construir a vitória sem sustos. O resultado garante o segundo lugar para o clube, que ficou atrás apenas do Cruzeiro. Em 38 rodadas, o time gaúcho somou 65 pontos, com 17 vitórias, 14 empates e sete derrotas. O futebol entra em pausa, e o foco do torcedor agora se volta para a eleição que escolherá o próximo presidente do clube para os próximos três anos.

Renato Portaluppi surpreendeu na escalação para o último jogo da temporada. A ideia de um time com mais jovens da base não foi utilizada. O técnico optou por uma escalação com mais jogadores veteranos e uma improvisação no comando do ataque. Contratado para jogar como volante, Lucas Leiva foi o centroavante do Grêmio contra o Brusque. Outra surpresa, Campaz jogou como o meia mais centralizado. Guilherme, pela esquerda, e Gabriel Silva, no lado direito, completaram o setor ofensivo. A defesa teve Bruno Alves e Kannemann na proteção a Adriel, com Leonardo Gomes na lateral-direita e Diogo Barbosa pelo lado esquerdo.

Mesmo sem um ritmo intenso, aos 6 minutos, o Grêmio quase abriu o placar. Guilherme fez jogada pelo lado esquerdo e tocou para Bitello. O melhor jogador do time na Série B poderia ter arriscado a devolução, mas preferiu tentar o chute. A bola desviou no marcador e quase surpreendeu o goleiro Jordan.

A insistência rendeu a Guilherme a recompensa que ele tanto buscava. No último jogo de 2022, o atacante conseguiu marcar seu primeiro gol pelo clube. Em lance pelo lado esquerdo, o camisa 11 driblou o marcador e cortou para o centro da área. Aos 18, o chute em curva venceu Jordan, bateu na trave e correu pelas redes da Arena. Festa dos jogadores, comissão técnica e torcida na Arena.

O Grêmio seguiu pressionando, e foi recompensado no último lance do primeiro tempo. Campaz tentou um passe por cobertura para Guilherme. Lucas Barboza poderia ter cortado, mas errou em bola. O camisa 11 devolveu a bola para a finalização de Campaz. A bola bateu na trave e sobrou para Gabriel Silva marcar o segundo gol gremista na partida.

A volta para o segundo tempo foi sem Bitello, que levou uma pancada e deixou o jogo. Thiago Santos voltou como titular ao lado de Villasnati. A combinação entre vantagem no placar e a parada do intervalo tirou um pouco do ímpeto do Grêmio. O time voltou em um ritmo mais baixo.

Janderson e Émerson entraram nos lugares de Guilherme e Lucas Leiva. O Brusque, em lance pelo lado direito, quase marcou. Fernandinho recebeu na área e bateu cruzado. Adriel fez boa defesa, mas a bola seguiu na área e Bruno Alves apareceu para afastar de cabeça. Em seu segundo teste na partida, o goleiro do Grêmio falhou. Mas o erro não custou caro. Após cobrança fraca de falta, Adriel tentou segurar a bola, mas acabou a espalmando e teve que fazer um segundo movimento para conseguir a defesa.

Em lançamento de Diogo Barbosa, Gabriel Silva se redimiu de chance clara perdida um pouco antes. O jovem meia-atacante recebeu a bola na área, driblou Sandro e mandou de pé esquerdo um chute no ângulo de Jordan. Golaço.

O bom rendimento foi reconhecido pelos 16 mil torcedores que estiveram na Arena. Os gremistas ligaram as lanternas dos celulares e fizeram festa com a atuação. Pedro Lucas e Lucas Silva completaram as trocas feitas por Renato, mas o jogo teve pouca movimentação nos últimos minutos. O torcedor pouco se importou. Depois de um ano com tanta preocupação, os últimos minutos da equipe em campo foram apenas de comemoração.

O departamento de futebol começa o período de férias a partir da próxima segunda-feira. A reapresentação do grupo está marcada para o 7 de dezembro, no CT Luiz Carvalho.



Veja também