O Tricolor visitou o Atlético-MG na noite deste domingo no Independência em jogo válido pela 25ª rodada do Brasileirão e conseguiu uma grande vitória por 4 a 1, mantendo a boa fase na competição e alcançando o G6 do Brasileirão, agora com 41 pontos.

Escalação inicial: Paulo Victor, Rafael Galhardo, Geromel (C), David Braz, Bruno Cortez, Michel, Maicon, Alisson, Luan, Pepê, André Felipe

PRIMEIRO TEMPO
O Grêmio iniciou melhor a partida, ficando com mais posse de bola e estando mais presente no campo de ataque. Entretanto, aos poucos, o Atlético-MG, mesmo com menor posse de bola, passou a atacar mais e ter mais finalizações na partida.

Uma grande oportunidade do Atlético foi aos 16 minutos com Luan que bateu à queima-roupa mas o goleiro Paulo Victor fez ótima defesa. O time da casa estava melhor na partida, mas aí vale aquela máxima: quem não faz, leva.

Aos 33 minutos, Galhardo cruzou, mas a bola pegou a direção do gol e Wilson falhou feio, entrando com bola e tudo, abrindo o placar. Após o gol, o Galo teve mais chances, mas Paulo Victor salvou novamente. Aos 43, Cortez sofreu pênalti. Maicon cobrou e ampliou.

No fim do primeiro tempo, o VAR viu puxão de Galhardo na área. O árbitro revisou o lance e marcou pênalti para o Atlético. Di Santo cobrou e descontou.

SEGUNDO TEMPO
Logo no primeiro ataque do segundo tempo, Pepê tabelou com André, invadiu a área e deu um toque por cima do goleiro Wilson, ampliando o placar. Com o terceiro gol, o Grêmio teve o domínio da segunda etapa e o Atlético não conseguia reagir.

Aos 22 minutos, Cazares foi expulso por falta dura em Luan. O VAR avisou o árbitro que revisou o lance e expulsou o jogador atleticano. O técnico Renato fez alterações visando poupar suas principais peças. A torcida do Atlético, incomodada com a equipe, gritava ‘Olé’ em trocas de passes do time do Grêmio.

Aos 31 minutos, em contra-ataque, Thaciano apareceu frente a frente com goleiro e tinha Luciano livre no meio da área. Entretanto, o jogador gremista optou por chutar e o goleiro defendeu, perdendo chance incrível.

O Atlético teve grande chance com Alerrandro aos 41 minutos, mas Paulo Victor salvou. Aos 48 minutos, após boa jogada em cobrança de escanteio, Alisson recebeu dentro da área e bateu, a bola teve leve desvio e entrou na gaveta, marcando o quarto gol e definindo o placar.



Veja também