Grêmio se blinda ao assédio da Juventus, da Itália, e deu início às reuniões para renovar o contrato de Diego Rosa, campeão mundial sub-17 no ano passado. O estafe do volante e a diretoria se encontraram pela primeira vez para falar do assunto na manhã de terça-feira, no CT Luiz Carvalho, e há otimismo para um desfecho positivo ainda nesta semana.

A renovação já estava encaminhada para acontecer e, conforme apurado pelo GloboEsporte.com, as partes concordaram em ampliar o vínculo até 2024. Resta definir questões salariais e de bonificação ao longo do contrato.

Os dirigentes do Grêmio escutaram os detalhes da sondagem da Juventus, mas não quiseram levar o caso adiante. Primeiro, porque os valores discutidos não estão de acordo com a pretensão tricolor. E também a ideia é que Diego permaneça por mais tempo no clube e conquiste títulos antes de seguir o sonho europeu.

Um novo encontro deve ocorrer ainda nesta semana, com provável sinalização para a conclusão da renovação do volante de 17 anos.

Quem é Diego Rosa?

Diego Rosa em amistoso do time de transição contra o Atenas, do Uruguai — Foto: Rodrigo Fatturi / Grêmio FBPA

Diego Rosa em amistoso do time de transição contra o Atenas, do Uruguai — Foto: Rodrigo Fatturi / Grêmio FBPA

Diego ganhou destaque ao levantar o título mundial sub-17 em novembro do ano passado com a seleção brasileira. Titular absoluto da equipe campeã, o volante esguio é elogiado por sua visão de jogo, trato com a bola para sair jogando e qualidade na finalização.

Mesmo mais novo para o limite de idade de 20 anos na Copa São Paulo de Futebol Júnior, também brilhou como titular na campanha do vice-campeonato do Grêmio, em janeiro. Rapidamente foi alçado ao grupo de transição.

No início de maio, a Juventus fez contato com seu estafe para saber das condições para uma possível compra no futuro. O clube italiano tinha como plano, em um primeiro momento, emprestar Diego Rosa a um clube de menor expressão do país para ganhar experiência.

Por enquanto, o meio-campista segue os treinos físicos em casa, sob orientação da comissão técnica da equipe sub-23, além de manter conversas diárias com o treinador Thiago Gomes sobre aspectos táticos. Ele é um dos três garotos que devem subir ao profissional quando as competições voltarem.



Veja também