Tiago Nunes será o novo técnico do Grêmio. O clube gaúcho chegou a um acordo com o treinador e aguarda a chegada dele a Porto Alegre nesta quinta-feira para a assinatura de contrato, a princípio, até o final de 2022.

Entre o clube e o treinador já está tudo acertado. As tratativas, que já haviam sido iniciadas após a saída de Renato Portaluppi na última semana, evoluíram nas últimas horas a partir da oficialização de Marcos Hermann como novo vice de futebol, anunciado na terça-feira.

Mas restam algumas arestas a aparar. Uma delas é a composição da nova comissão técnica. Conforme apurado pelo ge, Nunes quer trazer com ele profissionais para compor a comissão técnica, enquanto o Grêmio planeja efetivar Thiago Gomes, treinador do time sub-23 e que assumiu interinamente no lugar de Renato, como auxiliar permanente do time profissional.

Tiago Nunes será o novo técnico do Grêmio — Foto: Flavio Corvello/Futura Press

Tiago Nunes será o novo técnico do Grêmio — Foto: Flavio Corvello/Futura Press

Nunes sempre foi o preferido da diretoria e já tinha acerto encaminhado desde a última semana. O Grêmio procurava apenas oficializar a nova estrutura do departamento de futebol, o que fez após a reunião do Conselho de Administração na terça-feira.

O treinador deve chegar com os auxiliares Evandro Fornari e Kelly Guimarães, ambos também parceiros na empreitada no Corinthians. O analista de desempenho Pedro Sorero também deve ser integrado à comissão técnica do Tricolor.

A tendência é que Tiago tente pegar um voo de Curitiba para Porto Alegre nesta quinta-feira. Caso não consiga, viria de carro para a capital gaúcha. A expectativa é que ele assista a estreia do Grêmio na Sul-Americana nesta quinta-feira, na Arena, e inicie os trabalhos na sexta.

Nunes já tem passagem pelas categorias de base do Grêmio — inclusive, chegou a trabalhar com o meia Jean Pyerre no sub-15, além de outros nomes.

Gaúcho de Santa Maria, Tiago Nunes se destacou em um trabalho de mais de um ano no Athletico com as conquistas da Copa Sul-Americana em 2018 e da Copa do Brasil em 2019. O técnico também participou do processo de revelação de jogadores, como Bruno Guimarães e Renan Lodi.

Ele chegou ao Corinthians no início de 2019 com a missão de mudar o estilo do time. No Timão Tiago não conseguiu engrenar o trabalho e foi demitido em setembro de 2020. Nesse período, foi sondado por diversos clubes, mas estava sem trabalhar desde então.



Veja também