Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Já foram três partidas com o time titular e a próxima, na segunda, contra o Esportivo, também deve ter os principais jogadores. O Grêmio usa esse início de ano para dar entrosamento ao elenco depois de encerrar o ciclo de contratações. Mas ainda aguarda ao menos sete estreias em 2020 para dar um salto de qualidade.

O técnico Renato Gaúcho ainda não pode escalar o lateral-esquerdo Caio Henrique, o volante Matheus Henrique e o atacante Pepê, todos com a seleção sub-23 na disputa do Pré-Olímpico, assim como o goleiro Phelipe, este sem tantas perspectivas de ser aproveitado. Diego Souza e Thiago Neves não têm data para estreia.

Além deles, o zagueiro Pedro Geromel e o meia Jean Pyerre estão em recuperação de lesões e continuam fora de combate. Todas estas ausências ainda prejudicam o andamento do trabalho de Renato, que tem mais um mês para ajustar o time antes da estreia na Libertadores, contra o América de Cali, na Colômbia.

— O nosso maior problema hoje é que o Grêmio precisa toda hora estar construindo. O que vai facilitar meu trabalho é quando tiver todos os jogadores à nossa disposição. Vou ter mais opções. São jogadores malandros, juntos com a garotada. Quando eu tiver todos, o Grêmio fica muito forte — garante Renato.

O grupo atual não deve receber nenhuma contratação em um futuro próximo. O jovem Lucas Araújo foi efetivado no grupo principal e supriu a ausência de um volante mais marcador – o Grêmio não fecha a porta para Rafael Carioca, do Tigres.

Pepê, Matheus Henrique, Caio Henrique e Phelipe no Pré-Olímpico — Foto: Divulgação

Pepê, Matheus Henrique, Caio Henrique e Phelipe no Pré-Olímpico — Foto: Divulgação

— Entendemos que o grupo hoje está completo. O Grêmio montou um plantel equacionado do ponto de vista do equilíbrio. E tem condição de dar uma esperada no mercado. Por ora, estamos nos dando como satisfeitos — comentou o presidente Romildo Bolzan antes da vitória sobre o São José, na última quinta.

Na segunda-feira, o Grêmio encara o Esportivo, às 20h, na Arena, com força máxima. Kannemann, por pancada no pé esquerdo, pode ser desfalque. O meia Patrick não treinou neste sábado e, se não estiver à disposição, deve dar lugar a Thaciano no meio-campo. O elenco faz mais um treino na tarde deste domingo.



Veja também