Grêmio tem negociações em andamento com o Huesca, da Espanha, para ter o centroavante Isidro Pitta, que disputou a Série A pelo Juventude. A tentativa é por um empréstimo do paraguaio para 2023.

O Tricolor mantém as conversas com o clube espanhol, mas a negociação é vista como “dura”. A investida gremista trata de empréstimo com opção de compra ao final do período. A informação foi dada pelo repórter Venê Casagrande e confirmada pelo ge.

De acordo com o empresário do atleta, Juan Alberto Dragotto, até o momento o Huesca recebeu apenas a proposta oficial do Grêmio. O clube espanhol já manifestou ao procurador de Isidro Pitta que não pretende utilizá-lo no restante da temporada europeia.

Mesmo sem confirmação por parte do agente, a opção de compra fixada no contrato de empréstimo gira em torno de dois milhões de euros, valor semelhante ao que constava no vínculo com o Juventude na atual temporada.

Pitta atuou pelo Juventude em 2022 — Foto: Fernando Alves/ECJuventude

Pitta atuou pelo Juventude em 2022 — Foto: Fernando Alves/ECJuventude

A tentativa visa ter Pitta como opção a Diego Souza no grupo, como já mostrou o ge. O Grêmio partiria para um reforço de mais renome no ataque apenas para o Brasileirão, após ver na prática o rendimento dos dois centroavantes.

Pitta atuou em 2022 pelo Juventude e acertou a saída do clube de Caxias por querer atuar na Série A. O paraguaio anotou oito gols durante o ano e foi o destaque da equipe alviverde.

Além do Grêmio, outros clubes brasileiros também procuraram o jogador. Botafogo, Fortaleza e Coritiba fizeram contatos e conversaram sobre a situação do centroavante.



Veja também