Em busca de pontos e esperança para fugir de um terceiro rebaixamento, o Grêmio terá pela frente o Atlético-MG e todo o seu poderio ofensivo no Mineirão. Em uma sequência de oito jogos com gols sofridos, o técnico Vagner Mancini irá fazer mudanças na escalação em busca de um time mais sólido.

Vagner Mancini terá uma nova dupla de zaga. Sem Kannemann, suspenso, Ruan entra no time ao lado de Geromel. A terceira dupla em apenas quatro jogos com a nova comissão técnica. Cortez fica na lateral esquerda e Rafinha volta na direita, com Vanderson no banco.

Com Hulk, Diego Costa, Nacho Fernández e Zaracho no comando do rival pela frente, o adversário do Tricolor é o melhor ataque como mandante, com 28 gols marcados em apenas 13 jogos. No geral, é o quarto ataque mais positivo do Brasileirão, com 44, atrás de Flamengo (50), Bragantino (47) e Palmeiras (45).

Mancini também irá promover mudanças no meio de campo. Lucas Silva entra no lugar de Jean Pyerre, também suspenso, com a esperança de aumentar o poder de marcação da equipe e formar um trio com Thiago Santos e Villasanti.Busco a melhor formação para o Grêmio ser mais competitivo, isso tem me incomodado um pouco. As minhas equipes jogam com linhas mais próximas. Talvez eu não consiga fazer isso daqui até o final do campeonato. então preciso ser mais competitivo.— Vagner Mancini

Vagner Mancini, técnico do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Vagner Mancini, técnico do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

A mudança de comando técnico da equipe, com a saída de Felipão e a chegada de Mancini, não resolveu a sequência negativa do sistema defensivo. O último jogo sem sofrer gols pelo Tricolor foi a vitória sobre o Flamengo, em 19 de setembro. Desde então, tem apenas uma vitória.

A proposta de jogo de Luiz Felipe Scolari era mais voltada para proteger o próprio gol, abdicando de liberar mais jogadores para atacar o adversário. A postura mais ofensiva, no entanto, também não deixou o time mais perto da fuga do rebaixamento.

Em sua entrevista coletiva após a derrota para o Palmeiras, Mancini falou sobre o trabalho para ajustar os defeitos da equipe. Com uma vitória e duas derrotas, o técnico apontou para a questão da proximidade das linhas de defesa, meio e ataque como um problema a ser ajustado para a sequência do Brasileirão.

– Esse time não está funcionando. Óbvio que estou enxergando. Não entrei ontem no futebol, tenho 40 anos de futebol. Esses ajustes serão feitos. Precisamos achar as combinações da defesa, meio e ataque que melhor se interagem – disse o técnico:

– A camisa do Grêmio é marcada por competitividade. Se não formos competitivos, a camisa do Grêmio fica descaracterizada. Vou buscar exatamente isso, a torcida tem a minha promessa, que vou buscar o time mais competitivo que tiver – completou Mancini.

Para tornar ainda mais difícil a missão do sistema defensivo de Mancini, Kannemann está suspenso e é desfalque para o jogo desta quarta. A dupla com Geromel era uma das esperanças do torcedor para ver um melhor desempenho da defesa, mas a última amostragem terminou com três gols sofridos para o Palmeiras

Nos testes realizados nos treinamentos do CT Luiz Carvalho, Ruan ganhou a disputa com Rodrigues e trabalhou no time titular ao lado de Geromel. A terceira combinação de dupla de zaga com quatro jogos sob o comando de Mancini.

O Tricolor joga com o Galo em duelo adiado da 19ª rodada e é o penúltimo colocado, com 26 pontos.



Veja também