O nome de Gustavo Cuéllar foi bem avaliado internamente no Grêmio e considerado como alternativa para reforçar o meio-campo. O Tricolor chegou a fazer uma consulta pelo meio-campista colombiano, mas as conversas não avançaram.

Os contatos são tidos como “informais” pelas duas partes e foram para o Grêmio ouvir como está a situação do atleta na Arábia Saudita. O Tricolor viu no colombiano ex-Flamengo uma boa opção para fazer a primeira função do meio-campo. Mas ouviu que o jogador está bem no Al Hilal e não tem intenção de sair.

Não houve, portanto, uma conversa mais detalhada que evoluísse para uma negociação no momento. Cuéllar tem contrato com o Al Hilal até junho de 2023 e foi contratado por R$ 34 milhões do Flamengo no meio de 2019.

cuellar, al hilal — Foto: Divulgação / Al Hilal FC

cuellar, al hilal — Foto: Divulgação / Al Hilal FC

O Grêmio procura um jogador de características mais posicionada e defensiva para o meio-campo. Esteve muito perto de fechar a contratação de Wellington, do Athletico, mas o negócio retrocedeu a partir de uma negativa de Thaciano ir para o Furacão.

Atualmente, o Grêmio tem jogado com Lucas Silva, Matheus Henrique e Darlan no meio. Maicon também é opção para a função. Depois, a lista tem Lucas Araújo, formado na base do clube e que entrou na vitória sobre a Universidad Católica.



Veja também