Grêmio fará reapresentação com apenas três novidades

Tricolor começará temporada com grupo incompleto, formado por 33 jogadores

12 de janeiro de 2017 - Às 12:08
Foto: Lucas Uebel

Começa hoje o ano de 2017 para o Grêmio. A partir das 15h30min, no CT Luiz Carvalho, os jogadores se apresentam para dar início à pré-temporada. As novidades, por enquanto, são poucas. Foram contratados apenas os laterais Leo Moura e Leonardo, além do volante Michel. No total, 33 atletas estarão presentes no CT. Número inferior aos 40 que a direção pretende colocar à disposição de Renato Portaluppi para encarar as cinco competições do ano.

Além das contratações que serão feitas, o Grêmio também deve negociar jogadores. O lateral Wallace Oliveira e o centroavante Henrique Almeida são exemplos de atletas que se apresentam, mas podem ser negociados com os outros clubes. O Grêmio teve frustrada mais uma tentativa de reforçar o ataque para esta temporada. O uruguaio Gabriel “El Toro” Fernández, de 22 anos, desembarcou em Porto Alegre na tarde dessa terça-feira. Logo em seguida, dirigiu-se ao CT Luiz Carvalho para realizar os exames médicos. E aí foi constatado o problema: o jogador acabou sendo reprovado, e ontem o Tricolor confirmou sua desistência do negócio.

Uma cirurgia para a reconstrução dos ligamentos em 2015 foi o motivo da não contratação de Fernández. “O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense informa que, no momento, não foi possível realizar a contratação do atleta Gabriel Fernández. As partes, em comum acordo, dão as tratativas como concluídas”, disse a nota oficial emitida pelo Grêmio. Na semana passada, o clube já havia tido um revés nas tratativas com Kayke, que também chegou a desembarcar em Porto Alegre, mas por um desacerto financeiro com o Tricolor acabou indo jogar no Santos.

Com duas negociações mal-sucedidas, a direção segue em busca de reforços para o setor ofensivo. E terá de acelerar as tratativas, já que os trabalhos começam hoje. Com três zagueiros no grupo — Pedro Geromel, Kannemann e Rafael Thyere — os dirigentes vão atrás de pelo menos mais um defensor.

Com o retorno dos jogadores, algumas situações envolvendo renovação de contrato devem ser esclarecidas. Douglas, muito provavelmente, assinará por mais um ano. Já o caso de Pedro Rocha é mais complexo. O meia-atacante tem contrato com o Grêmio até dezembro de 2017. O jogador e seu empresário gostariam de estender o vínculo até 2020, mas a direção ofereceu uma renovação até dezembro de 2018. Além disso, Pedro Rocha deseja uma valorização salarial. O centroavante boliviano Marcelo Moreno pediu para treinar no CT do Grêmio enquanto decide o seu futuro.

Fonte: Correio do Povo



Veja também