Grêmio ‘exclui’ Moreno do grupo principal e reunião na próxima semana definirá futuro do jogador

25 de abril de 2013 - Às 15:39

O Grêmio definiu que Marcelo Moreno não treinará mais com o elenco principal. A decisão foi tomada já que o jogador não será mais aproveitado no time, evitando o contato do jogador com os demais atletas do time. Na próxima semana terá nova reunião para decidir seu futuro.

“É aquele ditado: uma maçã podre pode estragar o cesto inteiro”, disse um dirigente gremista pedindo sigilo ao UOL Esporte. E independente da posição presente na opinião do cartola, a estratégia do clube é exatamente esta. Moreno não irá mais conviver com os colegas. Trabalhará em turno inverso com auxiliares de preparação física até que decida se transferir ou rescindir contrato.
O problema para saída do jogador ou rescisão de contrato seria o valor. Além dos altos salários – cerca de R$ 500 mil mensais – a saída de Moreno geraria outra negociação: a dívida do Grêmio com o Shakthar Donetsk por 70% dos direitos do jogador, comprados no início do ano passado. Dos 4 milhões de euros [R$ 10,4 mi], 1,7 milhões [R$ 4,4 mi] não foram pagos ainda. Há previsão de quitação da dívida em duas parcelas programadas para até o final do ano.
Adaptado de Uol Esporte
Questões financeiras serão tratadas na reunião da próxima semana, assim como demais detalhes. 
A única certeza é que Marcelo Moreno não faz mais parte dos planos do Grêmio.


Veja também