Grêmio está classificado para a final da Libertadores 2017

Tricolor perdeu para o Barcelona na Arena, mas se classificou com placar agregado de 3 a 1

1 de novembro de 2017 - Às 23:41
Foto: Lucas Uebel

O Grêmio recebeu o Barcelona-EQU na noite desta quarta-feira na Arena pela partida de volta da semifinal da Libertadores e apesar da derrota de 1 a 0, avançou para a decisão pois havia vencido no Equador por 3 a 0.

O adversário da decisão será o Lanús. Jogo de ida dia 22 de Novembro na Arena e a final na Argentina dia 29.

Escalação inicial: Marcelo Grohe; Edilson, Geromel, Kannemann e Cortez; Jailson, Arthur; Ramiro Luan e Cícero; Fernandinho

PRIMEIRO TEMPO
A partida iniciou equilibrada e aos poucos o Grêmio foi tendo o controle do jogo. Apesar do time equatoriano ter mais posse, o Tricolor estava seguro e não deixava o time visitante gostar do jogo.

No entanto, aos 32 minutos, Marcos Caicedo fez linda jogada na lateral da área, cruzou, a bola desviou na marcação e sobrou para Jonatan Álvez marcar. O Tricolor logo teve a chance de empatar aos 35. Fernandinho cruzou na cabeça de Cícero que desperdiçou.

O Grêmio pareceu ter sentido o gol e o time do Barcelona gostou do jogo. O time equatoriano tocava a bola e o Tricolor parecia assistir, correndo atrás da bola. No entanto, a etapa inicial terminou sem mais grandes sustos apesar da superioridade do time visitante.

SEGUNDO TEMPO
Na etapa complementar o jogo seguiu truncado. A primeira boa chance foi do Barcelona que acertou a trave em chute de Díaz da entrada da área. Tecnicamente a partida era bastante ruim, nenhuma das equipes conseguia criar jogadas com qualidade.

Renato resolveu colocar Everton no lugar de Fernandinho. Aos 22, o Grêmio teve boa chance. Cícero recebeu em profundidade, invadiu a área mas na hora de bater acabou recuando para o goleiro, perdendo uma chance incrível.

Aos 29, o Grêmio trabalhou bem a bola. Luan deu grande passo para Edílson que dentro da pequena área cruzou, mas a zaga do Barcelona conseguiu desviar, em uma grande oportunidade.

Até o final do jogo, o Grêmio conseguiu controlar a partida e não sofreu mais riscos, assegurando a classificação diante de mais de 54 mil torcedores na Arena.



Veja também