Após a polêmica, a direção do Grêmio irá aguardar o retorno de Marinho para uma “conversa” sobre o episódio. Um vídeo gravado por um amigo do atacante viralizou nas redes sociais.Nas imagens, o atleta se oferece para jogar no Flamengo e diz que é necessário apenas pedir empréstimo que ele vai “na hora”.

Na visão de Deco Nascimento, diretor de futebol do Grêmio, a ideia inicial é conversar com o jogador para resolver o episódio, descartando uma punição num primeiro momento.

– Vamos esperar o Marinho retornar e ter uma conversa com ele sobre o episódio – disse Deco.

Marinho em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Marinho em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Por meio de sua conta Twitter, o diretor de futebol do Grêmio Alberto Guerra fez um breve pronunciamento, sem citar o episódio. Entretanto, disse que assuntos ocorridos no período de férias sempre são tratados internamente.

As atitudes dos atletas e funcionários do clube jamais passam desapercebidos pelo Depto de Futebol, sejam em férias ou não. Tais atitudes são sopesadas de acordo com a sua gravidade, tratadas internamente e SEMPRE preservando a instituição em primeiro lugar.

Com uma temporada abaixo pelo Tricolor e mais o episódio envolvendo o Flamengo, Marinho não teve o carinho e apoio da torcida do Grêmio. A diretoria gremista alega que não há propostas pelo atleta e que as falas do atacante no vídeo foram “retiradas de contexto”.

— Não temos proposta por ele. Acho que foi uma coisa retirada de contexto. Dar a ele a pré-temporada, sabemos como é dificil vir da China — conta o dirigente Deco Nascimento.

O elenco profissional do clube se reapresenta no dia 3 de janeiro para o início da pré-temporada. Porém, quem estreia pelo Gauchão é o grupo de transição, que iniciou a preparação no início de dezembro.



Veja também