Foto: Lucas Bubols

O Grêmio ingressou com uma reclamação formal na Federação Gaúcha de Futebol (FGF) e pediu acesso aos áudios do VAR na partida contra o Caxias, no último sábado, na final do primeiro turno do Gauchão. O Tricolor reclama de um pênalti supostamente não marcado pelo árbitro Leandro Vuaden em Everton, no final do segundo tempo.

A informação foi divulgada pelo diretor de futebol Paulo Luz, em seu perfil pessoal no Twitter. Ao final do jogo, o técnico Renato Gaúcho já havia reclamado do lance. O clube questiona o motivo de Vuaden não ter sido chamado ao monitor do árbitro de vídeo para rever o lance.

– Protocolamos na FGF reclamação pela conduta da arbitragem na partida com o Caxias pela não marcação de um pênalti, apesar da utilização VAR. Também solicitamos acesso ao áudio do VAR para que se esclareça a atitude do árbitro tendo em vista que a imagem da TV evidencia falta sobre o jogador Everton. Nossa preocupação é com o aperfeiçoamento do processo, já que dispomos do VAR, e da manutenção da lisura da competição – escreveu Luz.

O Tricolor foi derrotado por 1 a 0 no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, na decisão da Taça Ewaldo Poeta. Com isso, fica obrigado a vencer o segundo turno, a Taça Franscisco Novelletto, para garantir presença na final do Gauchão. A campanha começa neste sábado, às 11h, na Arena, contra o Juventude.



Veja também