A novela sobre a negociação de Pepê com o Porto está próxima de um desfecho, conforme informação do repórter do Grupo Globo, André Hernan, durante a transmissão do empate em 1 a 1 entre Palmeiras e Grêmio.

De acordo com o jornalista, o time português aceita levar o atacante apenas em julho, o que garante Pepê em campo pelo Tricolor nas finais da Copa do Brasil.

A proposta é de 15 milhões de euros (R$ 95 milhões). E também consiste em uma manutenção de 15% dos direitos ligados ao Grêmio para uma futura negociação, modelo utilizado nas vendas de Everton Cebolinha ao Benfica e Tetê ao Shakhtar Donetsk.

Pepê em Palmeiras x Grêmio — Foto: Marcos Ribolli/ge

Pepê em Palmeiras x Grêmio — Foto: Marcos Ribolli/ge

Questionado sobre a informação em entrevista coletiva após o jogo no Allianz Parque, o vice de futebol Paulo Luz admitiu a negociação com o Porto. Contudo, disse que as tratativas devem perdurar pelo menos até o fim de janeiro.

– Realmente nós estamos mantendo conversações, mas ainda não há nada definido. Posso assegurar que desde que obtivemos a classificação para jogar a final da Copa do Brasil definimos que o Pepê estaria presente até o encerramento do Campeonato Brasileiro e participaria das finais da Copa do Brasil. Mesmo com o avançar das negociações, se assim ocorrer, é um processo que possivelmente vai ocorrer durante o mês de janeiro – declarou o dirigente.

Nas conversas, o Grêmio ouviu que pode receber o valor em três parcelas. O Tricolor tem 70% dos direitos econômicos de Pepê, enquanto o Foz do Iguaçu tem o percentual restante.



Veja também