O Grêmio encaminhou o empréstimo do atacante Ricardinho para o Marítimo, da primeira divisão de Portugal, até a metade de 2022. A direção do Tricolor confirma a possibilidade, mas salienta que não há negócio fechado.

O Marítimo pagará cerca de 200 mil euros (R$ 1,2 milhão) ao Grêmio pelo empréstimo de uma temporada. No vínculo, haverá opção de compra fixada num valor próximo de 1,5 milhão de euros (R$ 9 milhões) por 60% dos direitos do jogador.

Ricardinho, atacante do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Ricardinho, atacante do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Com a chegada de Borja, a volta de Diego Souza e a próxima recuperação de Churín, o jovem perdeu espaço dentro do elenco. Assim, o seu estafe entende que o garoto precisa estar atuando.

Até a partir desse objetivo que recentemente três clubes fizeram contatos pelo empréstimo de Ricardinho: o Krasnodar, da Rússia; o Ludogorets, da Bulgária; e o próprio Marítimo, de Portugal.

O jogador chegou ao Grêmio em outubro de 2020 para o time sub-20, rapidamente passou pela equipe de transição e chegou ao profissional para a temporada 2021. É o terceiro artilheiro gremista na temporada, com nove gols marcados em 32 partidas.

Ricardinho renovou seu contrato com o Grêmio em março deste ano. O novo vínculo vai até o final de 2024, com multa rescisória de 80 milhões de euros (cerca de R$ 492 milhões).



Veja também