Grêmio empata metade das partidas e segue sem vencer confrontos diretos pelo título do Brasileirão

Tricolor ficou no 1 a 1 com o Atlético-MG na última quarta-feira e se coloca mais distante dos líderes da competição

21 de janeiro de 2021 - Às 07:21

Para quem almeja ser campeão brasileiro, o Grêmio segue longe de realizar o seu sonho. O Tricolor empatou 50% dos jogos que disputou na competição e ainda não venceu os rivais postulantes ao título do Campeonato Brasileiro, ou seja, aqueles que estão hoje no G-6.

Na última quarta-feira, saiu atrás do Atlético-MG, terceiro colocado, após pênalti de Thaciano e gol de Hyoran. Apesar das dificuldades para criar chances de gol, Everton conseguiu empatar de rebote, nos minutos finais do segundo tempo.

Assim, o Grêmio é de longe o time que mais empata no Brasileirão – 15 vezes. O número representa 50% das 30 rodadas disputadas até aqui. A equipe tem um jogo a menos a ser realizado na semana que vem, contra o Flamengo.

Se tivesse vencido quatro destes 15 empates, o Grêmio teria hoje os mesmos 59 pontos do líder, o rival Inter, que aplicou uma goleada no São Paulo para roubar-lhe o posto. Para o técnico Renato Portaluppi, contudo, o empate com o Galo foi importante para seguir no bolo e manter viva a possibilidade de título.

— O empate não foi dos melhores resultados, mas também não foi dos piores. O importante é seguir nesse bolo. Quanto mais próximo do líder, melhor. Depois, vamos ver se brigaremos pelo título ou não. Se sairmos vivos das próximas duas rodadas, vamos brigar bonito pelo título, sim — alega o treinador.

Diego Souza em Grêmio 1x1 Atlético-MG — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Diego Souza em Grêmio 1×1 Atlético-MG — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Sem vencer o G-6

Não é só a “empatite” que prejudica o Grêmio na caminhada em busca do título brasileiro. O Tricolor ainda não venceu nenhum dos times que estão hoje no G-6 da competição. Empatou com Atlético-MG, Flamengo, Palmeiras (duas vezes) Inter e São Paulo. Perdeu no primeiro turno para o Galo.

Em sete jogos contra os adversários diretos na tabela, o Tricolor somou apenas seis pontos de 21 possíveis. O aproveitamento é de Z-4 (25,8%).

Mas ainda pode melhorar o desempenho. Depois do Gre-Nal no próximo domingo, no Beira-Rio, recebe o Flamengo em jogo atrasado da 23ª rodada, na Arena. Em fevereiro, enfrenta o São Paulo também em Porto Alegre. Por isso, o cenário não preocupa Renato.

— Você vai achar que é sacanagem, mas considero o momento excepcional. O Grêmio não investe, tem os pés no chão, está colado em grandes clubes que investiram e jogam uma vez por semana. Está no G-6 com um jogo a menos. Pergunta lá para as outras equipes. Se está ruim aqui, está péssimo lá. Parabéns ao Grêmio. Todo ano chega, é campeão. Nosso momento é excepcional para quem conhece futebol. Simples assim — declarou.

Grêmio contra o G-6

  • 19/08/2020: Flamengo 1×1 Grêmio (3ª rodada)
  • 20/09/2020: Grêmio 1×1 Palmeiras (11ª rodada)
  • 26/09/2020: Atlético-MG 3×1 Grêmio (12ª rodada)
  • 03/10/2020: Grêmio 1×1 Inter (13ª rodada)
  • 17/10/2020: São Paulo 0x0 Grêmio (17ª rodada)
  • 15/01/2021: Palmeiras 1×1 Grêmio (30ª rodada)
  • 20/01/2021: Grêmio 1×1 Atlético-MG (31ª rodada)

Mesmo após mais um empate, o Grêmio reitera que está invicto há oito jogos na temporada, há 16 no Brasileiro e há 19 dentro da Arena. Porém, ocupa sexto lugar no Brasileirão, com 51 pontos. O Inter lidera com 59.

O elenco se reapresenta na tarde desta quinta-feira no CT Luiz Carvalho. Na próxima rodada, o Tricolor disputa o Gre-Nal 429, marcado para as 16h de domingo, no Beira-Rio.



Veja também