torcida2222

O Grêmio entrou em campo na noite desta quarta-feira para jogar uma das partidas mais importantes dos últimos 15 anos e acabou com o jejum de títulos após empate por 1 a 1 diante do Atlético, já que na partida de ida o Tricolor havia vencido por 3 a 1. O Tricolor chegou ao PENTACAMPEONATO da Copa do Brasil, se tornando o maior vencedor da competição.

A Arena bateu seu recorde de público com 55.337 presentes.

Escalação inicial: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Ramiro, Douglas e Everton; Luan

PRIMEIRO TEMPO
A partida iniciou bastante equilibrada com as duas equipes se estudando em campo. No entanto, foi o time do Atlético-MG que passou a tomar as redeas da partida e atacar com mais frequência, embora não conseguisse criar grandes oportunidades de gol. O goleiro Marcelo Grohe não fez nenhuma grande defesa.

O Grêmio, após o início de pressão do Galo passou a sair mais para o jogo, mas buscava mais os contra-ataques, ficando mais seguro na defesa. Apesar disso, a melhor chance da etapa inicial foi Tricolor quando Everton recebeu de Douglas aos 41 minutos e na cara do gol bateu para defesa de Victor.

SEGUNDO TEMPO
Na etapa final, o time do Atlético-MG fez alteração para deixar a equipe mais ofensiva. Porém, o Grêmio estava determinado e se defendia muito bem, não dando chances reais para o time mineiro.

Com o passar do tempo e sem conseguir o resultado, o Atlético-MG fez substituições, deixando a equipe ainda mais ofensiva em campo, porém, a defesa do Grêmio estava intransponível e o goleiro Marcelo Grohe sequer foi exigido.

No fim do jogo brilhou a estrela de Miller Bolaños que aproveitou sobra dentro da área para estufar a rede de Victor e levar a Arena ao delírio. No entanto, Cazares empatou em gol de trás do meio de campo nos acréscimos, uma pintura. Porém, insuficiente.

GRÊMIO CAMPEÃO.



Veja também