Grêmio é surpreendido e perde para o Caxias no Centenário

Tricolor não teve boa atuação na etapa final onde sofreu os gols e só descontou nos acréscimos

5 de fevereiro de 2017 - Às 18:56
Foto: Lucas Uebel

O Grêmio visitou o Caxias na tarde deste domingo no Centenário em Caxias do Sul e acabou surpreendido ao ser derrotado por 2 a 1, com dois gols de Gilmar. Bolaños descontou. O Tricolor jogou melhor no primeiro tempo, teve duas grandes chances com Pedro Rocha, mas na etapa final o time da casa aproveitou as chances e o Tricolor reagiu tarde demais.

Escalação inicial: Marcelo Grohe; Leonardo, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Maicon, Jaílson, Pedro Rocha, Douglas e Ramiro; Luan.

PRIMEIRO TEMPO
A partida iniciou bastante equilibrada. A vontade do Caxias e o preparo físico do time do interior não deixavam o Tricolor à vontade em campo que tinha dificuldades para armar jogadas. No entanto, com o passar do tempo, o Grêmio foi tomando conta do jogo.

Até antes de tomar conta do jogo, o Tricolor já teve grande chance com Pedro Rocha aos 7 minutos, mas não aproveitou chute dentro da pequena área e perdeu uma grande oportunidade. O atacante Gremista teve outra grande chance aos 31 quando recebeu cruzamento e à queima-roupa cabeceou, mas o goleiro Marcelo Pitol salvou.

O Tricolor mantinha a posse de bola. O time da casa apenas aguardava o ímpeto do Grêmio e pouco assustava, mas o primeiro tempo terminou mesmo sem gols.

SEGUNDO TEMPO
Já na etapa final, o time da casa voltou mais ofensivo e com mais iniciativa. Aos 9 minutos, após bola lançada, a bola bateu na coxa de Kannemann e depois no seu braco. O árbitro marcou pênalti que Gilmar bateu e converteu, abrindo o placar para o time da casa.

Logo após sofrer o gol, o técnico Renato colocou Jael em campo no lugar de Pedro Rocha, marcando a estreia do atacante com a camisa do Grêmio. Mas, o Grêmio não teve tempo de reagir. Aos 16, após bola levantada na área, Gilmar ganhou da defesa do Grêmio e cabeceou bem, para ampliar.

Após sofrer o segundo gol, o Grêmio não conseguiu reagir cedo e só conseguiu descontar aos 49 com Bolaños que fez jogada individual e bateu de dentro da área para descontar e fazer o gol de honra.



Veja também