Grêmio domina, perde pênalti, árbitro erra e Vasco vence

20 de maio de 2012 - Às 23:23
Na estreia do Brasileirão 2012 em São Januário, o Grêmio simplesmente não teve sorte. Esteve em uma Zica incrível. Foi melhor durante toda a partida, sobre tudo no primeiro tempo. O árbitro anulou erradamente um gol do Grêmio e Marcelo Moreno perdeu um pênalti. Ao fim, o Grêmio saiu derrotado por  2 a 1 na estreia do Brasileirão.

A partida começou bastante equilibrada, mas com o Grêmio melhor na partida e estando mais presente no campo de ataque. O Vasco estava com a sua marcação adiantada, apostando em algum erro do Grêmio.

A primeira boa chance Gremista veio aos 9 minutos, mas Miralles não conseguiu completar cruzamento de Pará. Três minutos mais tarde, novamente em jogada aérea, André Lima quase marcou de cabeça.
Aos 15, Marquinhos recebeu de André Lima que havia feito tabela com Pará. O meia bateu e o goleiro Prass defendeu. Como quem não faz toma, na primeira chance do Vasco, aos 22 minutos, Felipe Bastos cobrou falta com força, e abriu o placar. O Grêmio respondeu rapidamente, e o garoto Fernando empatou, na mesma moeda, em chute de fora da área.
Após o gol, o Grêmio diminuiu o ritmo, e o Vasco começou a ficar melhor na partida. Aos 42 e aos 43, o Tricolor teve duas boas chances, mas não conseguiu marcar. O primeiro tempo terminou assim, empatado, com melhor futebol apresentado pelo Grêmio.

No início do segundo tempo, o Vasco tentou pressionar, mas logo o Grêmio voltou a ter o domínio da partida. A primeira boa oportunidade da etapa final veio aos 7 minutos. Marco Antônio lançou e Miralles chutou forte, por cima do gol, muito perto.
Aos 13 minutos, Marco Antônio cruza, Prass saiu, bateu em Rodolfo e soltou a bola. Miralles empurrou a bola para as redes. O árbitro demorou para anular o lance, alegando falta, inexistente.

Marcelo Moreno entrou em campo aos 20 minutos. Aos 23, os dois titulares do Vasco que entraram na etapa final, colocaram o time da casa em vantagem no placar. Alecsandro recebeu cruzamento de Juninho e marcou, de cabeça, sem chances a Victor. Um minuto depois, Carlos Alberto bateu para boa defesa de Victor.

Aos 28, Marcelo Moreno bateu, Fernando Prass espalmou e Miralles, livre em baixo da trave, chutou para fora. Aos 35 minutos, o Grêmio teve pênalti a favor, e Marcelo Moreno bateu para defesa do goleiro Fernando Prass.

O Grêmio tentou pressionar, mas sem sucesso até o fim do jogo. O Vasco segurou o resultado.



Veja também