Grêmio domina, perde chances e cede melancólico empate ao Galo

Tricolor não foi efetivo no ataque e acabou perdendo dois pontos em casa

28 de agosto de 2016 - Às 17:51
Foto: Lucas Uebel
Foto: Lucas Uebel

O Grêmio recebeu o Atlético-MG na tarde deste domingo na Arena e empatou por 1 a 1 em um resultado considerado terrível principalmente pela quantidade de chances que o Grêmio criou e desperdiçou na partida. Foram mais de 20 finalizações contra apenas duas do adversário. A bola pune.

O resultado fez o Grêmio ficar na 6ª posição, com 36 pontos.

Escalação inicial: Marcelo Grohe; Edílson, Wallace Reis, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Jaílson e Douglas; Luan e Bolaños.

PRIMEIRO TEMPO
O Tricolor iniciou a partida pressionando muito o time mineiro, partindo para o ataque. O Tricolor empilhou chances de gol e encerrou a etapa inicial com 17 finalizações. Entretanto, a pontaria do ataque Tricolor não estava aguçada, sendo esse o motivo do placar zerado na etapa inicial.

Bolaños, Luan, Edílson e Douglas eram os mais presentes no ataque Tricolor que buscava chutes de fora da área e também cruzamentos para a área.

SEGUNDO TEMPO
Mas, na etapa final não teve jeito. A grande superioridade gremista na partida deu resultado aos 7 minutos quando Luan dominou na entrada da área e bateu de perna esquerda, a bola desviou na zaga e enganou o goleiro para delírio da torcida.

O time do Atlético-MG não conseguia criar chances. O time do Grêmio era muito superior e muito seguro na defesa não dando oportunidades para o time mineiro. Enquanto isso, no ataque, o Tricolor continuou criando chances e perdendo oportunidades, arriscando chutes de fora da área e também lances rápidos dentro da área.

Mas, o Grêmio pagou caro as chances desperdiçadas. Aos 41, após cruzamento na área, Robinho apareceu livre e estufou a rede, empatando o jogo.



Veja também