Grêmio divulga nota de esclarecimento sobre a liberação da catraca no domingo

2 de outubro de 2012 - Às 00:56

O Grêmio divulgou nota oficial sobre a Liberação da Catraca em vídeo que circulou a internet nesta segunda. Confira na íntegra:

Sobre o vídeo divulgado nas redes sociais e em portais de notícias
nesta segunda-feira, exibindo a liberação da catraca pertencente ao
sistema de acessos do Estádio Olímpico para a entrada de torcedores no
jogo de ontem, o Grêmio esclarece que tratou-se de uma questão de
natureza administrativa, em que foram remanejados torcedores
adquirentes de ingressos que não conseguiram atravessar a boca do túnel
nos portões 10 e 13, devido ao grande volume de pessoas no local que
dá passagem para as arquibancadas da Geral do Grêmio.
Para solucionar o problema, os torcedores foram deslocados para o
portão 5, onde houve a liberação da catraca, visto que os ingressos já
haviam sido entregues anteriormente. A operação, também realizada no
portão 17 onde os torcedores foram redirecionados para os portões 16 e
18, por não conseguirem ultrapassar a barreira humana que se formou nos
acessos, foi acompanhada pelos profissionais da área de jogos e eventos,
com o apoio da Brigada Militar e da Federação Gaúcha de Futebol (FGF).
O Clube é norteado por processos regrados, padronizados e auditados
em consonância com as determinações do ISO 9001, periodicamente
validados por empresas altamente conceituadas no mercado, o que
comprova o compromisso do Grêmio com os seus clientes ao zelar pela
segurança e comodidade de todos.
Funcionários e prestadores de serviços do Clube desempenham suas
tarefas e atribuições de acordo com as melhores práticas de gestão,
reconhecidas em âmbito nacional pelo Ministério dos Esportes e órgãos de
segurança.
O Grêmio repudia e considera inadequado o uso de episódios como esse
sem o conhecimento prévio das causas que originaram o fato, exigindo
maior responsabilidade daqueles que se utilizam de tal procedimento para
fins de promoção pessoal, prejudicando imagem do Clube junto de seus
sócios e torcedores.

Vídeo que gerou a polêmica:



Veja também