Lucas Uebel / Grêmio, DVG

O Grêmio tem seis jogos até a parada para a Copa América. E muito provavelmente não terá dois zagueiros de ofício nos jogos que restam pela Copa do Brasil e Brasileirão. Com as lesões de Kannemann e Paulo Miranda, apenas Pedro Geromel está à disposição, já que o técnico Renato Portaluppi considera prematura a utilização do garoto Rodriguez. 

Paulo Miranda, reserva imediato da dupla, era aguardado para o jogo de hoje em Caxias do Sul. Sem atuar desde 17 de março – mais de dois meses por conta de um problema muscular – ele voltou a sentir dores e não tem previsão de retorno ao time, frustrando os planos da comissão técnica.

O tão esperado reforço para a zaga está bem próximo de ser anunciado. A negociação com o Santos para a vinda de David Braz está sendo finalizada. A negociação envolve o atacante Marinho, que vai para a Vila Belmiro em definitivo. Além da troca, o Grêmio receberá cerca de R$ 5 milhões no negócio. Braz só poderá estrear após a Copa América, mais precisamente a partir do dia 1º de julho, na abertura da janela de transferências. Além dele, o Grêmio estaria buscando um outro jogador para a zaga. O nome de Rafael Vaz, atualmente no Goiás, foi especulado. 



Veja também