Mauro Horita / Grêmio/Divulgação

O Grêmio não terá tempo para descanso e treinamento para o seu próximo compromisso pela Série B do Brasileirão. Após empatar com o Ituano em 1 a 1 na noite de segunda-feira (16) e viajar durante a terça-feira para Porto Alegre, o grupo de jogadores se reapresentará nesta tarde de quarta (18), quando realizará o único treinamento possível antes de voltar a campo, na quinta-feira (19), na Arena, às 19h, contra o Criciúma. A partida é válida pela oitava rodada da Série B.

O técnico Roger Machado deverá promover ao menos duas trocas em sua equipe inicial. A primeira delas é por ordem médica. Com os laterais-direitos Edílson e Rodrigo Ferreira lesionados, o treinador voltará a escalar Rodrigues na função. O zagueiro teve bom desempenho durante o Gauchão neste setor e chegou a iniciar a segunda divisão na titularidade.

A segunda troca acontecerá no setor ofensivo. A fim de dar maior qualidade e experiência, o comandante deve promover a entrada de Elkeson na equipe principal, com a saída de Elias. O jogador sino-brasileiro já foi utilizado em três jogos e atuou um total de 87 minutos, sendo que diante do Ituano entrou já no intervalo no lugar de Elias e formou dupla com Diego Souza.

— Sem dúvida. Tudo é possível. Eu preciso de alguém que leve a bola para esses dois. O Elkeson é mais móvel e busca a profundidade. É possível. Eu gostei do que eu vi no segundo tempo. Eu ganhei peso na área. Ganhei busca de profundidade pelo meio — disse Roger em Itu.

Uma terceira alteração cogitada e que será definida na atividade desta quarta está no meio. Depois de barrar Lucas Silva e escalar Gabriel Silva, o treinador pode optar por colocar Campaz, a exemplo do que ocorreu na última rodada, já que o jovem não teve um bom desempenho.

A provável escalação tem Brenno; Rodrigues, Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti, Bitello e Gabriel Silva (Campaz ou Lucas Silva); Elkeson, Diego Souza e Biel.



Veja também