Grêmio deve receber R$ 11,5 milhões pela venda de direitos de dois jogadores

29 de janeiro de 2014 - Às 02:21

Após passar por apuros no final de 2013 devido à atraso na folha salarial e um déficit de quase R$ 90 milhões, o Grêmio segue buscando formas de arrecadar recursos. 

Ainda nesta semana, o presidente Fábio Koff deve concretizar a venda de quase 50%, dos 70% que o Grêmio detém de direitos econômicos de Bressan e Ramiro para investidores. A venda auxiliará o clube a manter as contas em dia no começo do ano, já que irá render cerca de R$ 11,5 milhões aos cofres gremistas.
“Ainda estamos negociando, elaborando o contrato. Nesta semana deve ser finalizado”, revelou Fábio Koff.
Bressan recebeu algumas sondagens, porém deve ficar ao menos até a metade do ano no Tricolor.


Veja também