O Grêmio descartou a própria ideia de treinar em um gramado sintético visando a final da Copa do Brasil contra o Palmeiras, por conta da grama utilizada no Allianz Parque. O técnico Renato Portaluppi ficou com receio que os jogadores tenham lesões por não estarem acostumados ao piso.

Em janeiro deste ano, após o empate em 1 a 1 com o Palmeiras, pelo Brasileirão, o próprio Renato revelou que consideraria comandar um treinamento para a equipe num gramado sintético. O objetivo era a adaptação dos jogadores.

A opção mais viável na época era utilizar as dependências do São José, no estádio Francisco Novelletto, na zona norte de Porto Alegre. Porém, o Grêmio viajou nesta quinta-feira para Atibaia, já em concentração para a decisão da Copa do Brasil, sem colocar o plano em prática.

Na entrevista após a goleada em cima do Brasil de Pelotas, na última quarta, Renato descartou um trabalho com seus jogadores em algum gramado artificial e elogiou as condições do campo da arena palmeirense. .

– Se tratando de uma decisão, é muito arriscado você treinar num gramado sintético. O gramado do Palmeiras é muito bom. É praticamente 100% sintético, mas é uma grama especial. Jogamos contra o Palmeiras, todo mundo gostou, se adaptou. Falamos grama sintética, todos acham que é igual, não é igual. Há uma diferença muito grande. Às vezes treina num local, que a grama sintética é diferente, aí ela acaba prejudicando o jogador que não está acostumado e pode ter lesões – comentou.

Allianz Parque, o estádio do Palmeiras — Foto: Marcos Ribolli

Allianz Parque, o estádio do Palmeiras — Foto: Marcos Ribolli

O curioso é que Renato foi além ao comentar sobre o assunto. Ele revelou que pedirá para a diretoria retirar um piso semelhante ao de grama sintética que fica atrás das goleiras da Arena. O local serve de aquecimento para o Grêmio e para o time visitante

– Uma coisa que já vou pedir para a diretoria do Grêmio é tirar aquela parte da grama sintética, que temos atrás do gol, onde os jogadores aquecem. Justamente porque tem muitos jogadores reclamando de dores que eles não tinham, principalmente após o aquecimento. Vamos providenciar essa retirada da grama sintética justamente por isso – completou.

O elenco do Grêmio fez um treino na manhã desta quinta-feira, no CT Luiz Carvalho, e embarcou para Atibaia, onde ficará concentrado até á véspera da decisão da Copa do Brasil, às 18h de domingo. Como perdeu o jogo de ida por 1 a 0, o Tricolor precisa vencer o Palmeiras por dois gols de diferença para ser hexacampeão. Vitória por um gol leva aos pênaltis. Empate ou derrota dá o título ao Verdão.



Veja também