Grêmio deixou quatro pontos por erros infantis da arbitragem, diz Renato

13 de outubro de 2013 - Às 13:11

O Grêmio cedeu o empate ao Fluminense neste sábado no Maracanã já nos acréscimos. O time carioca teve mais volume de jogo e até mereceu o resultado. Porém, o lance mais comentado da partida, foi o impedimento muito mal marcado no lance anterior ao gol do time carioca.

Aos 44 minutos, Kléber recebeu lançamento saindo antes do meio de campo, cara a cara com o goleiro, porém o auxiliar marcou impedimento que não existiu, interferindo no resultado da partida.
O técnico Renato Portaluppi relembrou outro jogo em que um impedimento mal marcado tirou pontos do Grêmio:
— O Grêmio não abriu mão de atacar. Inclusive coloquei o Elano, que é um jogador mais adiantado. São quatro pontos que o Grêmio deixou de ganhar por erros infantis (da arbitragem), contando o empate contra o Vitória. Fatalmente o Kleber marcaria nosso segundo gol. O Grêmio podia ter matado o jogo nesse lance, mas, mais uma vez, o auxiliar prejudicou o time.
Mesmo tão longe do líder e correndo risco de sair da vice-liderança, o técnico Renato Portaluppi não jogou a toalha e ainda acredita no título brasileiro:
— O Grêmio tem chances de ser campeão brasileiro. Quando eu entrei no time, a gente tinha que brigar para não cair. E estamos há mais da metade do campeonato no G-4. Pra nós, é um título conquistar uma vaga na Libertadores. Eu estou vendo a entrega e a obediência tática desse time em campo.


Veja também