Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação CP

O Grêmio não irá receber nada na transferência de Ramiro ao Corinthians. Por outro lado, elimina o risco de ter de pagar uma multa milionária ao empresário Giuliano Bertolucci, dono da maior parte dos direitos econômicos do volante e do zagueiro Bressan, outro jogador de saída do clube. As duas negociações, aliás, estão interligadas.

Apenas 10% dos direitos de Ramiro pertenciam ao Grêmio. Outros 50% foram vendidos em 2014 para o empresário, que adquiriu também a mesma fatia de Bressan por cerca de US$ 8 milhões (R$ 31 milhõesna cotação atual). Na época, o clube gaúcho enfrentava problemas financeiros e usou os recursos para saldar dívidas, como salários atrasados de jogadores.

Com a decisão de liberar Bressan para o FC Dallas, dos Estados Unidos, após o zagueiro ficar marcado na eliminação para o River Plate na Libertadores, o Grêmio minimizou a possibilidade de lucros do empresário. E poderia ser obrigado a ressarci-lo, como previsto em contrato. A solução encontrada foi abrir mão da fatia que detinha da dupla em troca da quitação de uma possível multa, que poderia chegar a R$ 30 milhões. Explica o presidente Romildo Bolzan:

– Não é uma dívida, é um contencioso possível. Se tivéssemos que aceitar a antecipação da rescisão de contrato do Bressan, a gente estaria retirando a perspectiva de ganhos do investidor, que tinha 50%. Para não incidir nesta infração contratual e gerarmos um passivo para o clube, teríamos que resolver a situação do Ramiro. Tínhamos 10% do Ramiro como direito econômico, resolvemos dar a quitação de tudo. Resolvermos as relações assim, eliminar um passivo, uma ação judicial, em torno de US$ 8 milhões dos dois jogadores. Liberamos o Bressan e resolvemos nosso problema. O Grêmio já realizou a receita quando recebemos o dinheiro naquela oportunidade.

Ramiro e Bressan chegaram ao Grêmio na virada de 2012 para 2013. Faziam parte de um pacote de jovens promessas trazidas do Juventude, que incluia ainda o goleiro Follmann e o atacante Paulinho. O volante foi quem mais se destacou com a camisa tricolor. Conquistou os títulos da Copa do Brasil, Libertadores, Recopa Sul-Americana e Gauchão.



Veja também