Grêmio pisa o gramado do Maracanã às 20h30 deste domingo para enfrentar o Fluminense pela 20ª rodada do Brasileirão. E para defender o seu melhor momento na temporada.

O Tricolor vive a sua maior sequência de vitórias em 2020. São quatro jogos seguidos com triunfos. E se não perder, a equipe chegará a 30 dias de invencibilidade no ano.

Na abertura do returno, um resultado positivo em solo carioca serve ainda para a equipe consolidar de vez a “decolagem” tão prometida por Renato Portaluppi no Brasileirão. E o avião gremista, de fato, parece estar na pista, prestes a alçar voo.

São 10 pontos somados nos últimos 12 em disputa. A última derrota foi para o Santos, por 2 a 1, na Vila Belmiro, no dia 11 de outubro, pelo Brasileiro.

Grêmio Juventude Copa do Brasil — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Grêmio Juventude Copa do Brasil — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Desde então, o Grêmio tem conseguido vitórias consecutivas, mesmo com atuações abaixo do padrão. Tanto que chega ao jogo deste domingo há 28 dias sem perder um jogo.

São sete partidas por Brasileirão, Libertadores e Copa do Brasil, com cinco vitórias e dois empates. Nesta sequência, a equipe defende uma série de quatro vitórias seguidas pela primeira vez na temporada.

> As séries de vitória do Grêmio em 2020:

  • Quatro vitórias – uma vez:
    –Athletico-PR 1×2 Grêmio (Brasileirão); Grêmio 1×0 Juventude (Copa do Brasil); Grêmio 2×1 Bragantino (Brasileirão); e Juventude 0x1 Grêmio (Copa do Brasil).
  • Três vitórias – três vezes:
    – Brasil de Pelotas 0x1 Grêmio; Grêmio 2×1 São José; e Grêmio 5×0 Esportivo (todos, pelo Gauchão)
    – Grêmio 3×0 Juventude (Gauchão); América de Cali 0x2 Grêmio (Libertadores); e Pelotas 0x1 Grêmio (Gauchão).
    – Grêmio 4×3 Novo Hamburgo; Grêmio 2×0 Inter (ambas pelo Gauchão); e Grêmio 1×0 Fluminense (Brasileirão).

Essa sequência impulsiona a campanha no Brasileirão e faz o Grêmio se aproximar do G-4. O Tricolor soma 27 pontos, com um jogo a disputar. O rival deste domingo é o quarto colocado, com 32 pontos.

Ou seja: o Grêmio pode reduzir para dois pontos a distância para a zona de classificação direta da Libertadores, com a possibilidade de ultrapassar o rival na partida que tem pendente, contra o Goiás. Mas o presidente Romildo Bolzan adota discurso ponderado.

— Não é suficiente. Seria tapar o sol com a peneira. O futebol que o Grêmio tem apresentado não é para vencer um campeonato, mas é um elenco perfeitamente em condições de ser campeão. Tem base antiga. Não estamos convencidos pelo futebol que temos apresentado, mas quando o futebol se encaixar, temos condições de encarar — disse o mandatário.

Para defender essas marcas, o técnico Renato ainda analisa se poupará ou não alguns jogadores diante do Flu. Afinal, os titulares atuaram em três partidas em sequência.

O treinador deve preservar forças de olho no duelo com o Cuiabá, na próxima quarta-feira, na Arena Pantanal, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Certo mesmo é que Maicon, lesionado, e Lucas Silva, suspenso, estão fora do jogo de logo mais.



Veja também