Se há uma pedra no sapato do Grêmio em 2020, atende pelo nome de Caxias, adversário que reencontra na final do Gauchão, na quarta-feira e no domingo. Foi o time da serra gaúcha quem aplicou a última derrota ao Tricolor até o momento, justamente na decisão do primeiro turno do estadual. De lá para cá, passaram-se seis meses, e a equipe da Capital segue sem perder.

Mas vale outro alerta. Em 23 jogos, o Grêmio só foi superado três vezes, duas pelo Caxias. Além do 1 a 0 no Centenário, em 22 de fevereiro, houve um 2 a 0 na estreia das equipes no Gauchão, no dia 22 de janeiro, na Arena. A outra derrota foi para o Aimoré, também no primeiro turno do estadual.

Assim, o Grená também defende sua invencibilidade contra o Tricolor. Só que o momento é outro. A equipe comandada por Renato Portaluppi acumula 15 partidas sem derrota, apesar dos últimos quatro empates seguidos no Brasileirão.

Em entrevista coletiva após o 0 a 0 com o Vasco no último domingo, o treinador afirmou que, desta vez, seu time está melhor preparado que o Caxias. O rival na decisão do Campeonato Gaúcho não entra em campo desde o empate com o Ypiranga, pelo segundo turno, em 29 de julho. Ou seja, praticamente um mês sem jogar.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

– Sempre há este problema na volta das férias, quando as equipes do interior estão treinando há mais tempo, fazendo amistosos, com mais ritmo. Mas agora a história é diferente. O Grêmio chegou. E quando chega, é forte – declarou Renato.

Grêmio, de Matheus Henrique, foi derrotado pelo Caxias duas vezes no 1º turno — Foto: FGF/Divulgação

Grêmio, de Matheus Henrique, foi derrotado pelo Caxias duas vezes no 1º turno — Foto: FGF/Divulgação

“Minha equipe está com ritmo de jogo. Nesses 180 minutos, vamos ver quem tem mais poder” (Renato)

Apesar do ritmo de jogo, Renato tem três baixas confirmadas para o primeiro jogo da final. Diego Souza está com uma lesão muscular na coxa esquerda e sequer volta para a decisão, no domingo. Orejuela e Kannemann ficam fora por suspensão automática.

Por outro lado, o treinador poderá contar com os retornos de Vanderlei e Geromel, poupados no fim de semana contra o Vasco.

Maicon, com entorse no tornozelo direito, ainda é dúvida. Na lateral direita, Victor Ferraz deve começar a partida, mas dificilmente terá condições de atuar os 90 minutos.

A provável escalação do Grêmio para quarta-feira tem: Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, David Braz e Bruno Cortez; Maicon (Lucas Silva), Matheus Henrique, Jean Pyerre, Alisson e Pepê; Isaque. A partida está marcada para as 21h30, no Centenário.

A final do Campeonato Gaúcho não tem gol qualificado. Portanto, se houver empate na soma dos placares dos dois jogos, a decisão será definida nas penalidades. O segundo duelo ocorre no domingo, às 16h, na Arena.



Veja também