Após cogitar o cancelamento, o Grêmio bateu o martelo e decidiu manter o período de treinos em Santa Catarina, anunciado pelo clube na semana passada. A delegação viaja na semana que vem para Criciúma, mas a data ainda não está definida.

A informação foi confirmada pelo presidente Romildo Bolzan ao GloboEsporte.com. A direção acerta os detalhes para a estadia em solo catarinense. A tendência é que a delegação viaje na segunda-feira, mas o departamento de futebol ainda finaliza toda a logística.

O Grêmio anunciou a viagem ainda na semana passada para avançar em sua preparação, com treinos coletivos, que ainda não são permitidos em Porto Alegre. Porém, freou o planejamento por conta de uma possibilidade de alteração no decreto do governo gaúcho para flexibilizar as atividades.

Grêmio abriu a 10 semana de treinos físicos desde o retorno às atividades — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Grêmio abriu a 10 semana de treinos físicos desde o retorno às atividades — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Mesmo que essa flexibilização ocorra na próxima semana, o Tricolor decidiu manter a viagem para Criciúma, onde os treinos coletivos de clubes de futebol são permitidos nesse momento.

O técnico Renato Gaúcho vai reencontrar o grupo já em solo catarinense. O treinador permaneceu no Rio de Janeiro, onde mantém residência, e não acompanhou a retomada dos treinamentos, no início de maio, por ser considerado grupo de risco para o coronavírus.

Em Santa Catarina, o Grêmio vai usar as instalações do CT do Criciúma para suas atividades. O clube terá à disposição um miniestádio, com capacidade para 1,4 mil pessoas, que pode receber amistosos. Nos mais de 3 mil metros quadrados de área construída no local, há seis gramados, além da possibilidade de alojar mais de 60 atletas, embora isso não seja viável no momento.

Com os treinos coletivos, o Grêmio pretende dar mais um passo na preparação para o retorno do futebol. A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) pretende retomar o estadual em 26 de julho. O Brasileirão tem o começo previsto para 9 de agosto, como estipulou a CBF.



Veja também