Grêmio decide de fora da área no primeiro tempo e bate Veranópolis

18 de março de 2012 - Às 20:52
Pela 3ª rodada do Grupo 2 da Taça Farroupilha, o Grêmio viajou até Veranópolis para enfrentar o time da casa e saiu com uma bela vitória: 4 a 1. Os gols foram marcados por Gilberto Silva, Marcelo Moreno, Fernando e Gabriel. Lê descontou para o time da casa.
Tricolor conquistou a quarta vitória seguida.

A partida começou eletrizante, e logo na primeira chance, Léo Gago cobrou falta lateral e a bola entrou com um leve desvio de cabeça de Gilberto Silva. O VEC logo veio ao ataque e empatou aos 3 minutos, mas o árbitro anulou marcando falta sobre o goleiro Victor.
O Tricolor tinha o domínio completo da partida, e aproveitou. Aos 19 minutos, Marcelo Moreno ganhou dividida, avançou e chutou da entrada da área, de perna esquerda, no canto, ampliando o placar. Pouco depois foi a vez de Fernando, o jogador arriscou de fora da área e encobriu o goleiro, marcando o terceiro, em ritmo de treino.
O Grêmio arriscava bastante de fora da área, e aos 33 quase fez mais um com Léo Gago. Aos 35 e aos 39, em lances de Moreno e Kléber respectivamente, o goleiro Luis Muller salvou o time da casa. Por fim, aos 41 minutos, o quarto gol saiu, e mais uma vez de fora da área. Gabriel arriscou e guardou.
Bertoglio entrou no segundo tempo, e já com a partida decidida, o Grêmio não se mostrava tão a fim de marcar mais gols e o ritmo diminuiu.
Aos 18 e aos 19 minutos, o argentino Bertoglio teve duas chances e o goleiro fez boa defesa em ambas as tentativas. Aos 30 minutos, o jogador Lê, um dos artilheiros do campeonato, recebeu na área e bateu sem chances para Victor, descontando o placar.
Aos 35, Kléber recebeu na cara do gol e bateu em cima do goleiro, na sobra, Bertoglio bateu e a zaga salvou. Um minuto depois, Bertoglio driblou três adversários e bateu em cima do goleiro Luis Muller. Aos 39 minutos, Lê chutou de dentro da área e Victor fez grande defesa. Um minuto mais tarde, Maranhão recebeu livre dentro da área e Victor voltou a salvar o Grêmio.
O Grêmio baixou demais o ritmo no segundo tempo, mas mesmo assim teve méritos na vitória.



Veja também