Grêmio dará oportunidade aos reservas contra Figueirense

Final de semana será de folga aos titulares, projetando confronto de volta com o Cruzeiro

28 de outubro de 2016 - Às 12:08
Foto: Lucas Uebel
Foto: Lucas Uebel

Se no Gre-Nal o técnico Renato Portaluppi escalou o time titular, devido à importância do jogo e, principalmente, pela rivalidade e o momento do adversário, agora a história é diferente. Mesmo com chance de ingressar no G6 do Brasileirão se vencer o Figueirense, neste sábado, em Florianópolis, o treinador vai utilizar uma equipe reserva, a exemplo do que fez contra o Santos. A Copa do Brasil, que já era prioridade, virou obsessão para o clube. Com os 2 a 0 sobre o Cruzeiro nessa quarta-feira, o Grêmio está com um pé na final e a três partidas de quebrar um jejum de 15 anos sem títulos nacionais.

Apesar do foco total na Copa do Brasil, o discurso é de mobilização para encarar o Figueirense. Além de nomes como Bolaños e Everton, a equipe será formada por jovens que buscam afirmação. “É importante para nós, que estamos buscando espaço. O grupo está alerta e focado nos objetivos”, destacou o volante Kaio, que será titular no Orlando Scarpelli. “A partir do momento em que estamos disputando o Brasileiro, não vamos deixar de lutar em nenhum momento. Mas a gente sabe que a Copa do Brasil é o caminho mais curto”, afirmou o lateral-esquerdo Marcelo Oliveira.

Com Bruno Grassi lesionado, há possibilidade de o garoto Léo iniciar pela primeira vez uma partida como titular do gol do Grêmio, já que Marcelo Grohe também pode ser preservado.

Os titulares que atuaram na vitória sobre o Cruzeiro, na quarta-feira, realizaram um trabalho na academia, nessa quinta, já em Florianópolis. Aqueles que não forem relacionados para o duelo com o Figueirense serão liberados para retornar a Porto Alegre após o treinamento de hoje e se reapresentam apenas na segunda-feira. O descanso para o grupo de jogadores tem sido parte da estratégia do Grêmio antes de jogos decisivos.

Fonte: Correio do Povo



Veja também