A goleada por 6 a 1 encaminhou a classificação. Por isso, após vencer o Esportivo pelo Gauchão, o Grêmio dará um gostinho do que é a Libertadores para metade do elenco relacionado para o jogo de volta com o Ayacucho, em Quito, no Equador, na próxima terça-feira. Serão 11 atletas que nunca jogaram na competição a integrar o plantel.

O grupo de jovens ganhará, além da oportunidade no Equador — o Peru tem restrições para receber brasileiros por conta da situação do coronavírus —, mais tempo em campo até os principais jogadores voltarem a ficar disponíveis. É o momento para conquistar espaço.

A lista de relacionados para a viagem (veja abaixo) tem só Cortez, Thaciano e Rodrigues entre os jogadores que não foram formados no clube. Vários são também fruto de captação no mercado para a base, como Ricardinho e Léo Pereira, contratados no ano passado para o sub-20 e transição, respectivamente.

Onze jogadores nunca atuaram na Libertadores: Adriel, Bitello, Brenno, Emanuel, Felipe, Fernando Henrique, Léo Chú, Léo Pereira, Pedro Lucas, Ricardinho e Varela. Outros têm pouquíssima experiência na competição.

Lucas Araújo e vários jovens vão estar em grupo que  joga pela Libertadores — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Lucas Araújo e vários jovens vão estar em grupo que joga pela Libertadores — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Estão viajando com a minha confiança, do presidente, da diretoria. É a grande oportunidade deles de nesses próximos jogos mostrar o porquê de vestir a camisa do Grêmio.— Renato Portaluppi

Novo titular, Vanderson atuou uma vez, na semana passada. Ruan jogou 10 minutos distribuídos em dois jogos. Autor do segundo gol contra o Esportivo, Lucas Araújo tem um minuto em campo.

Bom aperitivo na Serra

Dos três jogos da temporada 2021 até o momento, dois deles, ambos do Gauchão, foram com vários jovens. Na vitória deste sábado sobre o Esportivo, Lucas Araújo anotou seu primeiro gol como profissional e Léo Chú estreou com a camisa do Grêmio após empréstimo ao Ceará. O zagueiro Ruan mostrou segurança.

Brenno pode mostrar sua qualidade na meta um ano após a última partida, quando o sub-23 jogou a Recopa Gaúcha em janeiro de 2020. Depois, manteve atividade na equipe de transição, mas sem chances em compromissos profissionais.

A começar pelo jogo decisivo da Libertadores, os “guris do Grêmio” terão mais oportunidades para se firmar como alternativas reais dentro do elenco. Quando Maicon, Kannemann e companhia retornarem, a ideia é que já tenham desenvolvido confiança para o restante de 2021.

Léo Chú agradou em primeiro jogo pelo Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Léo Chú agradou em primeiro jogo pelo Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Isso seguirá pelo menos por uma semana após o dia 22, quando os principais nomes retornam de folga e precisarão de tempo para o recondicionamento. O preparador físico Reverson Pimentel comandará esses trabalhos.

— Não é um presente para eles essa folga, era necessário. No dia 22 todo mundo volta a treinar. Tem o jogo em Quito, basicamente é o time que jogou hoje (sábado, contra o Esportivo). Vamos ter dois ou três jogos de Estadual que vai ser essa base. Não tem condições de trazer os caras de volta direto, precisam de uma semana para a parte física — explicou Renato.

Há também um impeditivo em relação à inscrição. O Gauchão permite o uso de 15 atletas das categorias de base até o dia 24 de março. Depois, só os jogadores inscritos na lista de 38 profissionais registrados na FGF poderão atuar.

Provável Grêmio contra o Ayacucho: Brenno; Vanderson, Ruan, Rodrigues e Cortez; Lucas Araújo, Darlan, Guilherme Azevedo, Thaciano e Ferreira; Ricardinho

Portanto, esse grupo deve fazer os jogos com Ayacucho, Aimoré e Juventude, esses dois últimos ainda sem data definida, mas nas próximas rodadas do Gauchão. Além disso, há as partidas adiadas contra Caxias e São José.

O Tricolor viaja para o Equador neste domingo recheado de jovens. Pinares ficou fora, mas Ferreira volta após cumprir suspensão no Gauchão. Renato também ganhou oito dias de folga e se reapresenta no dia 22.

Confira os relacionados para viajar ao Equador:

  • Goleiros: Brenno e Adriel
  • Laterais: Felipe, Vanderson e Bruno Cortez
  • Zagueiros: Ruan, Rodrigues e Emanuel
  • Meio-campistas: Lucas Araújo, Thaciano, Darlan, Fernando Henrique, Jhonata Varela, Bitello e Pedro Lucas
  • Atacantes: Ferreira, Guilherme Azevedo, Ricardinho, Léo Pereira e Léo Chú


Veja também