O Grêmio deu folga de dois dias para os jogadores curtirem o Natal com suas famílias. A decisão foi informada ainda na quarta-feira, após o Tricolor vencer o São Paulo na semifinal da Copa do Brasil. E o descanso antes da volta contra os paulistas deve se completar com o uso de reservas no Brasileirão.

O elenco não trabalhará no CT Luiz Carvalho entre quinta e sexta-feira. A reapresentação está marcada para às 15h de sábado, um dia antes de enfrentar o Atlético-GO pelo Brasileirão. O duelo acontece às 20h30 de domingo, na Arena, pela 27ª rodada.

As indicações são de um Grêmio recheado de reservas. Aqueles que não estão inscritos na Copa do Brasil devem jogar, como Luiz Fernando e Pinares. Robinho, por outro lado, deverá começar no banco.

Pinares e Rodrigues em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Pinares e Rodrigues em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

As principais dúvidas estão no setor defensivo. Na lateral direita, Victor Ferraz acusou dores musculares no final do jogo contra o São Paulo, mas ficou em campo — ele vem de três jogos consecutivos. O único reserva da posição é o garoto Vanderson, do time sub-23 e que nunca atuou profissionalmente.

A zaga também tem mistérios. Afinal, David Braz ainda se recupera de desconforto muscular. E Geromel fez exame de imagem, mas ainda não se sabe a gravidade da lesão na coxa esquerda.

Kannemann é desfalque certo, suspenso por conta da expulsão contra o Sport. Assim, sobrariam apenas Rodrigues, Paulo Miranda, que volta de lesão, e Ruan. E este também pode ser aproveitado na lateral.

Maicon deve seguir como desfalque, pois sequer foi relacionado contra o São Paulo. Na frente, a meia-esquerda poderá ter Everton, Ferreira ou até Pepê – um dos poucos titulares que atuam em sequência. Alisson pode voltar a ganhar minutos após se recuperar de lesão no tornozelo.

  • Provável Grêmio:

Paulo Victor (Vanderlei); Vanderson (Ruan), Paulo Miranda, Rodrigues e Cortez; Lucas Silva (Matheus Henrique) e Darlan; Luiz Fernando, Pinares e Everton (Alisson, Ferreira ou Pepê); Diego Churín.

É bom também frisar que na última partida do Brasileirão, o empate em 1 a 1 na lha do Retiro, Renato Portaluppi usou vários titulares. E isso pode eventualmente voltar a acontecer na Arena.

Todas essas preservações, claro, serão de olho no jogo decisivo contra o São Paulo na quarta-feira, às 21h30, no Morumbi, valendo vaga à final da Copa do Brasil. O Grêmio pode até empatar que se classifica, mas se o rival paulista vença por um gol de diferença, a decisão será nos pênaltis.



Veja também