Pelo menos duas mudanças na escalação do Grêmio concederão, pelo menos nos números, mais força ofensiva ao time contra o Guarani, na quinta-feira, pela terceira rodada da Série B. O centroavante Diego Souza, artilheiro no ano, e o lateral-esquerdo Nicolas, jogador que mais participou em gols na temporada, serão reforços para tornar a equipe mais letal.

O centroavante volta na vaga de Elias e traz consigo a responsabilidade de ser o goleador das últimas duas temporadas, ou seja, desde que retornou ao clube. São cerca de 20 dias dias afastado por conta de edema muscular e período para recondicionamento.

Diego não pisa no gramado da Arena desde a classificação do Grêmio na semifinal do Campeonato Gaúcho, na derrota para o Inter por 1 a 0. No jogo de ida, quando venceu o rival por 3 a 0 no Beira-Rio, marcou o último gol para praticamente garantir vaga na final.

Diego Souza em treino do Grêmio — Foto: Eduardo Moura

Diego Souza em treino do Grêmio — Foto: Eduardo Moura

O placar elástico do Gre-Nal, inclusive, foi a última vez que um atacante do Tricolor balançou as redes. Nas partidas finais do Gauchão diante o Ypiranga, Lucas Silva, em Erechim, e Bruno Alves e Rodrigues, na Arena, balançaram as redes.

Com 10 jogos no ano, Diego Souza é o artilheiro do time com cinco gols, ao lado de Elias. Em 2020 – temporada que se estendeu ao ano seguinte – marcou 28 em 54 partidas. Em 2021, manteve o posto de homem-gol ao balançar a rede 24 vezes em 51 oportunidades.

Diego vai fazer gol. Na sua carreira, não fez menos de 20 por temporada. Não será diferente neste ano.— Roger Machado, técnico

As assistências de Nicolas

Nos dois primeiros jogos da Série B, a trinca de ataque não surtiu efeito. Nem as opções no decorrer da partida. Ferreira, Campaz e Elias foram os titulares. Como alternativas, Ricardinho, Gabriel Teixeira, Janderson e até Kevin Quejada apareceram. Mas a equipe segue zerada em gols.

Apesar de integrar o sistema defensivo, Nicolas também tem influência direta no ataque. O lateral-esquerdo que também retoma titularidade após lesão na panturrilha acumula sete participações em gols no ano, com cinco assistências, o maior número do elenco, e duas bolas na rede em 10 partidas.

– Estou me sentindo bem. Desde a semana passada, quando voltei a fazer trabalhos de campo, já não tinha mais dores. Foi uma semana boa para readaptar e agora voltar aos treinos com os meus companheiros. Mas a minha vontade é estar dentro de campo logo – apontou Nicolas via assessoria de imprensa.

Nicolas é jogador com mais participações em gols no ano — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Nicolas é jogador com mais participações em gols no ano — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

A presença de Nicolas e Diego Souza no time significa uma tentativa de ter mais poder ofensivo sem desfazer ainda o modelo idealizado por Roger durante o Gauchão, com três volantes e três atacantes.

O treinador tende a optar também por Edilson na lateral direita no lugar de Rodrigues, zagueiro que tem atuado improvisado por ali. Ou seja, mais um indicativo de utilizar peças com potencial para ir à frente. Em sua reestreia contra a Chape, ele entrou aos 13 minutos do segundo tempo.

Provável Grêmio: Brenno; Edilson, Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti, Lucas Silva e Bitello; Campaz, Ferreira e Diego Souza.

Na quinta-feira, o Grêmio recebe o Guarani, na Arena, a partir das 16h30. Os dois times vivem situação parecida na Série B, já que ainda não venceram, não marcaram gols e tiveram os mesmos resultados. Quem vencer, pode deixar a zona de rebaixamento.



Veja também