Grêmio confia na recuperação de jogadores infectados por coronavírus até o Gre-Nal

Um dos atletas já está afastado desde o início da semana passada, o outro fará novo teste nesta terça-feira. Nomes são mantidos em sigilo

14 de julho de 2020 - Às 13:01

Dos dois casos de coronavírus entre jogadores divulgados pelo Grêmio na segunda-feira, um deles não era novidade para o clube. Afastado desde a semana passada, o atleta teve o caminho do contágio investigado e tem mais chances de aparecer no Gre-Nal da semana que vem, na retomada do Gauchão. O outro passará por novo exame, mais completo.

Na semana passada, durante questionário de rotina feito junto aos médicos do clube, um jogador revelou que seu pai apresentou sintomas da Covid-19. Foi prontamente afastado.

— Um caso ocorreu na semana passada. (O jogador) Teve contato com um familiar, que fez o exame e deu positivo. (O atleta) Não chegou a entrar no grupo, falou para a gente e saiu. Quando chegam no CT, eles (jogadores) conversam com os médicos. Apresentou sintomas e aí testamos — conta o diretor médico do Grêmio Ciro Simoni ao GloboEsporte.com.

Desde volta aos treinos, Grêmio já realizou 487 testes para coronavírus — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Desde volta aos treinos, Grêmio já realizou 487 testes para coronavírus — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O segundo jogador infectado passará por um teste mais completo para identificar a presença do vírus no corpo nesta terça-feira, mas já iniciou o período de isolamento.

Se o resultado for negativo, ele será reintegrado. Se positivo, segue na quarentena de 14 dias. Ainda assim, o diretor médico gremista não confirma a dupla como ausência para o Gre-Nal.

“Francamente, não dá para dizer (que estão fora do Gre-Nal)” (Ciro Simoni, diretor médico do Grêmio)

Os dois atletas têm os nomes mantidos em sigilo. O Grêmio recomeça nesta terça os treinamentos com contato no CT Luiz Carvalho. Na segunda, após os testes para Covid-19, a atividade foi apenas física.

A última rodada de exames havia ocorrido no final de junho, sem nenhum resultado positivo. Os casos se somam a Diego Souza, que já havia contraído a Covid-19 antes de se reapresentar.

Outros dois funcionários também apresentaram a doença em maio. Até o momento, o Grêmio realizou 487 testes para coronavírus no clube.

O Tricolor terá um Gre-Nal pela frente logo na retomada do futebol, marcada para quarta ou quinta-feira, na quarta rodada do segundo turno do Gauchão. A equipe lidera o Grupo B, com nove pontos.



Veja também